terça-feira, 20/10/2020
Existem vários tipos de dieta, mas procure um nutricionista para orientá-lo

Nutrição: qual seu tipo de dieta?

(*) Talita Costa

Muitas‌ ‌pessoas,‌ ‌ao‌ ‌longo‌ ‌da‌ ‌vida,‌ ‌interessam-se‌ ‌em‌ ‌seguir‌ ‌algum‌ ‌tipo‌ ‌de‌ alimentação‌ ‌ou‌ ‌dieta,‌ ‌a‌ ‌fim‌ ‌de‌ ‌que‌ ‌possa‌ ‌sentir‌ ‌que‌ ‌seu‌ ‌corpo‌ ‌esteja‌ ‌com‌ ‌ saúde.‌ ‌Porém,‌ ‌é‌ ‌muito‌ ‌importante,‌ ‌além‌ ‌de‌ ‌ter‌ ‌um‌ ‌acompanhamento‌ ‌ profissional,‌ ‌manter‌ ‌a‌ ‌saúde‌ ‌bem‌ ‌cuidada‌ ‌de‌ ‌uma‌ ‌forma‌ ‌geral.‌ 

Isso‌ ‌implica‌ ‌atividade‌ ‌física,‌ ‌convívio‌ ‌com‌ ‌os‌ ‌amigos‌ ‌e‌ ‌com‌ ‌a‌ ‌família,‌ ‌além‌ ‌de‌ momentos‌ ‌consigo‌ ‌mesmo.‌ ‌Falando‌ ‌em‌ ‌alimentação,‌ ‌para‌ ‌cada‌ ‌indivíduo‌ existem‌ ‌alguns‌ ‌alimentos‌ ‌que‌ ‌são‌ ‌mais‌ ‌aceitáveis‌ ‌ao‌ ‌organismo‌ ‌e‌ ‌esses‌ alimentos‌ ‌devem‌ ‌ser‌ ‌percebidos‌ ‌por‌ ‌cada‌ ‌um‌ ‌ao‌ ‌longo‌ ‌da‌ ‌vida.‌ 
Mas‌ ‌então,‌ ‌qual‌ ‌a‌ ‌melhor‌ ‌dieta‌ ‌para‌ ‌mim?‌ ‌As‌ ‌pessoas‌ ‌fazem‌ ‌este‌ questionamento‌ ‌e‌ ‌por‌ ‌sua‌ ‌vez,‌ ‌acabam‌ ‌seguindo‌ ‌as‌ ‌dietas‌ ‌“da‌ ‌moda”‌ ‌que‌ ‌não‌ são‌ ‌adequadas‌ ‌para‌ ‌todos.‌ ‌Nada‌ ‌pode‌ ‌ser‌ ‌generalizado,‌ ‌ou‌ ‌seja,‌ ‌o‌ ‌que‌ ‌é‌ ‌bom‌ para‌ ‌um‌ ‌pode‌ ‌ser‌ ‌ruim‌ ‌para‌ ‌outro.‌ 
Dentre‌ ‌elas,‌ ‌estão‌ ‌algumas‌ ‌como‌ ‌dieta‌ ‌sem‌ ‌glúten,‌ ‌sem‌ ‌lactose,‌ ‌dieta‌ ‌low‌ ‌carb,‌ dieta‌ ‌vegana,‌ ‌dieta‌ ‌mediterrânea,‌ ‌dieta‌ ‌cetogênica,‌ ‌dieta‌ ‌genética,‌ ‌dieta‌ ‌do‌ ‌tipo‌ ‌sanguíneo,‌ ‌dieta‌ ‌DASH,‌ ‌entre‌ ‌outras.‌ 
Desde‌ ‌que‌ ‌a‌ ‌pessoa‌ ‌esteja‌ ‌com‌ ‌exames‌ ‌bioquímicos‌ ‌normais,‌ ‌pode‌ ‌inserir‌ ‌um‌ tipo‌ ‌de‌ ‌dieta‌ ‌que‌ ‌ela‌ ‌mais‌ ‌goste,‌ ‌porém‌ ‌com‌ ‌acompanhamento,‌ ‌a‌ ‌fim‌ ‌de‌ ‌que‌ ‌ela‌ ‌ingira‌ ‌tudo‌ ‌que‌ ‌é‌ ‌necessário‌ ‌para‌ ‌o‌ ‌organismo‌ ‌funcionar‌ ‌bem.‌ 
Todavia,‌ ‌pode-se‌ ‌afirmar‌ ‌que‌ ‌poucos‌ ‌aderem‌ ‌100%‌ ‌e‌ ‌seguem‌ ‌na‌ ‌dieta‌ ‌por‌ ‌toda‌ a vida.‌ ‌Isso‌ ‌é‌ ‌apenas‌ ‌uma‌ ‌fase,‌ ‌a‌ ‌fim‌ ‌de‌ ‌que‌ ‌se‌ ‌manifeste‌ ‌algum‌ ‌efeito‌ ‌positivo‌ ‌na‌ ‌saúde.‌ 
Analisando‌ ‌tudo‌ ‌isso,‌ ‌é‌ ‌recomendável‌ ‌que‌ ‌o‌ ‌paciente/cliente‌ ‌esteja‌ ‌sempre‌ sendo‌ ‌tratado‌ ‌por‌ ‌profissionais‌ ‌e‌ ‌que‌ ‌sua‌ ‌saúde‌ ‌possa‌ ‌ganhar‌ ‌mais‌ ‌pontos‌ ‌com‌ ‌a‌ ‌dieta‌ ‌escolhida.‌ 
(*) Talita Xavier Costa é nutricionista e escreve quinzenalmente, às sextas-feiras, no portal. Ela é pós-graduada em Gestão, Qualidade e Segurança em Alimentação, especialista em Auditoria em Alimentação e Nutrição; e especialista em Alimentação Escolar.

Leia Também

15 de outubro: o professor nosso de cada dia e o descaso dos gestores 

Em 15 de outubro de 1827, o imperador Pedro I baixou um Decreto Imperial criando …