segunda-feira, 30/08/2021
Gengibre: eficaz no combate a infecções e câncer Fotos: Pixabay

Gengibre X Covid-19

(*) Talita Costa

O ano de 2021 iniciou com uma perspectiva de mudança no quadro da COVID-19. A ciência vem estudando formas de tratamento e prevenção do vírus a fim de minimizar a superlotação nos hospitais.

Com o surgimento da vacina muitas pessoas enxergaram “uma luz no fim do túnel”. De modo geral, mesmo com a descoberta da vacina, uso de medicações antivirais e antibióticos potentes, existem outras ações que podem ter muita eficácia na prevenção e controle da carga viral.

Hoje, eu vou abordar o uso do gengibre. O gengibre é classificado como rizoma, da mesma família do açafrão da terra e vale ressaltar que ele possui muitas propriedades terapêuticas e nutricionais. Ele tem grande quantidade de ferro, cálcio, manganês e magnésio, entre outros nutrientes.

O gengibre possui poder termogênico, antioxidante, digestivo e ajuda no controle da diabetes do tipo 2. É eficaz no combate a infecções e câncer.

Vitamina C: potencializa a ação do gengibre

Pode-se usar de forma medicinal ao agregar uma pequena porção em chás ou sucos detox. Na Bahia, ele é usado na preparação do caruru e isso dá ao prato um sabor mais picante.

Na gastronomia internacional, utiliza-se como um tempero bem peculiar na preparação de frango e alguns molhos.

Quando falo em combate à Covid-19, estou sugerindo que as pessoas façam o uso diário do gengibre, em diferentes preparações a fim de aumentar a força do sistema imunológico, o qual, “ao final das contas”, é o que combaterá o impacto da contaminação pelo vírus.

Além disso, é importante que a pessoa faça a ingestão de vitamina C, que vai potencializar a ação do gengibre no corpo.

Através dessas medidas, as pessoas poderão manter uma saúde boa frente a todo e qualquer vírus.

A prevenção é o maior controle!

 

(*) Talita Xavier Costa é nutricionista – CRN5 6605,  pós-graduada em Gestão, Qualidade e Segurança em Alimentação, especialista em Auditoria em Alimentação e Nutrição e especialista em Alimentação Escolar.

** Esse texto é de responsabilidade exclusiva do(a) autor(a).  Não reflete, necessariamente, a opinião do Só Sergipe.

 

Leia Também

Conta do Instagram hackeada? Siga estes passos

O que os usuários do Instagram têm em comum? Se você fizer essa pergunta a …