sexta-feira, 29/05/2020
A alimentação saudável é extremamente importante (Fernando Frazão/Agência Brasil)

Coronavírus & Alimentação

Compartilhe:
(*) Talita Costa

Para manter uma boa saúde, é necessária uma boa alimentação, além de outros hábitos saudáveis. Diante do cenário mundial, muitas pessoas estão sendo tomadas pelo pânico, com medo de ficarem doentes, ou até mesmo correr risco de morte.

Neste momento, o que se pode fazer é manter o controle de exposição, como também manter hábitos de higiene, utilizar álcool 70% e alimentar-se de forma correta, utilizando sempre alimentos que fortalecem o sistema imunológico, como aquelas fontes de vitamina A, C e E. Assim, muitos acabam fazendo grandes compras e estoques de alimentos e medicações.

Todavia, deve-se entender que o exagero também é prejudicial, afinal todos nós estamos no “mesmo barco” e essa atitude gera desigualdade na aquisição de produtos alimentícios e de desinfecção. O melhor a fazer é garantir insumos para 15 dias, inicialmente, e aguardar o desenrolar das notícias e ordens das autoridades competentes.

Fica complicado abastecer uma população inteira da forma como estão fazendo e isso não significa que insumos não faltarão. Cabe a cada pessoa cuidar da sua família e pensar também que outras pessoas precisam das mesmas coisas que nós!

Lembrando que frutas e verduras e todos os alimentos consumidos crus, devem ser higienizados e estocados da melhor forma, a fim de que não transmitam doenças relacionadas à alimentação, como também para que durem o mais tempo possível.

Em tempos de crise, a melhor coisa a ser feita é não entrar em pânico e raciocinar a melhor estratégia de sobrevivência.

(*) Talita Costa é nutricionista e escreve quinzenalmente, às sextas-feiras, no portal. Ela é pós-graduada em Gestão, Qualidade e Segurança em Alimentação, especialista em Auditoria em Alimentação e Nutrição; e especialista em Alimentação Escolar.

Majesty - Escola de FinançasPowered by Rock Convert
Compartilhe:

Leia Também

Finanças e energia renováveis, parceiros muito importantes

Observamos nos últimos meses que devemos como sociedade nos preocupar com as nossas finanças e …