segunda-feira, 18/11/2019
Início » Artigos » As características do investidor com perfil arrojado
Rádio FecomercioPowered by Rock Convert

As características do investidor com perfil arrojado

Compartilhe:
David de Andrade Rocha (*)

Nas últimas semanas, viemos falando dos perfis de investidores e como eles são importantes, não somente para os investimentos, já que de fato podemos a partir do conhecimento deles ter uma maior noção de nossa relação com nosso dinheiro em todos os aspectos da vida. 

Links relacionados:

Qual o seu perfil de investidor?

O perfil do investidor conservador

O perfil do investidor que corre risco moderadamente

Hoje falaremos do Perfil Arrojado, que é o que melhor aceita o risco e busca também maiores retornos para suas aplicações. Devemos notar que isso não os faz imprudentes e sim assíduos pesquisadores do mercado, pois assim podem definir melhor suas estratégias 

Os investidores de Perfil Arrojado são pessoas que já têm um maior conhecimento do mercado ou que têm maior curiosidade para aprender sobre o funcionamento dos investimentos, são maioria das vezes Traders ou investidores em ações por conta própria, gostam de observar seus investimentos periodicamente para ter certeza de que andam bem ou que é hora de mudar de posição nos investimentos. 

Normalmente são os responsáveis por dar liquidez ao mercado, o que garante a entrada e saída de vários investimentos para os outros perfis de investidor. No passado, a posição de Trader foi muito criticada, pois os chamavam de especuladores e os apontavam como responsáveis por algumas distorções no mercado, sobretudo na Bolsa de Valores. 

Hoje, porém, os investidores olham para os especuladores com um maior respeito, já que são esses últimos que garantem uma liquidez elevada para as ações, permitindo, assim, que os investidores comprem as ações pelo preço que acham justo. 

Os analistas indicam que a diversificação seja menos concentrada no caso desse perfil, já que via de regra os arrojados tendem a querer lucros mais rápidos, nesse caso eis como fica a divisão recomendada por maioria dos analistas:

De 30% a 40% na Renda Fixa para garantir uma posição segura e não somente isso, pois, existem certas estratégias que o investidor de perfil arrojado pode usar tendo posição na Renda Fixa para comprar ou vender Ações, Opções e Futuros que estejam acima de suas posses normais. Isso é chamado de alavancagem e consiste em uma estratégia muito arriscada, porém, que promete – se a pessoa estiver certa – ter um grande lucro. 

De 10% a 20% em fundos de investimento variados de acordo com a escolha do investidor, pois ele saberá quais os que lhe servem para uma maior estratégia, ou seja, certos fundos permitem aos investidores acesso a investimentos de outros países, o que pode ajudar muito a estratégia do investidor. 

O restante, ou seja, de 40% a 50%, seria destinado para Ações escolhidas pelo próprio investidor. Aqui devemos nos ater ao caso em que o investidor pode comprar Ações pensando em segurá-las por muito tempo ou pensando em fazer Trades. Isso depende mais de cada investidor, mas os analistas recomendam que jamais se utilize em um Day Trader mais do que 1% do capital total do investidor e se for um Trader mais longo pode-se usar até 5%. Essa medida de segurança visa resguardar o capital em caso de uma avaliação errada, para que o investidor possa continuar realizando tais operações mesmo que perca algumas vezes. 

Observem que no caso do investidor de perfil arrojado o importante não é acertar sempre (o que de fato é impossível), pois o que realmente importa é que ele acerte mais do que erre. 

Existe a necessidade do investidor desse perfil estudar bastante a Análise Técnica de Ações através de gráficos que incorporam a relação Preço e Volume, para que o investidor decida com certa probabilidade a hora de entrar e a hora de sair de uma posição de Ações. 

Como visto, esse investidor deve estudar e se precaver um pouco mais, pois ele, mais do que ninguém, sabe que para ter a possibilidade de ganhar mais com seus investimentos aumenta-se na mesma proporção seu risco de perdas. 

Naturalmente, quanto mais preparado emocionalmente para as perdas, mais sucesso ele terá em seus Trades, já que, como é falado, o sucesso nos trades tem mais relação com o emocional que com o conhecimento técnico. 

Como vimos, esse investidor que quer auferir grandes lucros em curto espaço de tempo é responsável pela liquidez que os mercados apresentam hoje em dia e sua função é cada vez mais vital para a boa manutenção dos investimentos. Não tiremos daí, a conclusão de que esse é mais importante  do que os outros perfis, pois, como foi falado antes, todos têm sua função e importância nos mercados. 

(*) David Rocha escreve semanalmente, às terças-feiras. Ele é assessor de investimentos e educador financeiro, que vive o mercado diariamente, desde 2011, e autor do livro “Tesouro Direto – Um Caminho para a liberdade financeira”, de 2016.

Compartilhe:

Leia Também

Da intolerância ao ódio e os conflitos sociais na América do Sul

Na América do Sul a diversidade cultural é marcante com destaque para o Brasil. Espera-se …

WhatsApp chat