domingo, 13/10/2019
Início » Artigos » Qual o seu perfil de investidor?
Rádio FecomercioPowered by Rock Convert

Qual o seu perfil de investidor?

Compartilhe:
David de Andrade Rocha (*)

Quando se fala em investir, ou até mesmo em somente poupar, é importante termos em mente qual é o nosso perfil de investidor. Esse perfil é como uma bússola que guia nossas ações em relação ao nosso dinheiro.

Existem alguns testes, normalmente com questões de múltipla escolha, que conseguem identificar, a partir de padrões psicológicos, qual é o perfil de investidor no qual melhor nos encaixamos. Mas, antes de falarmos propriamente dos testes e dos perfis, é interessante que observemos qual a verdadeira utilidade de conhecer o nosso perfil de investidor.

Quando pensamos em investimentos, acabamos por não associar nossa relação com o dinheiro no dia a dia; mas essa relação também é de investimento. Na verdade, toda compra, investimento, empréstimo, etc. envolve um custo de oportunidade.

O custo de oportunidade nada mais é que o quanto a pessoa deixa de ganhar por ter gasto ou investido o dinheiro, podendo ter outras opções de investimento melhores.

Sabendo disso, agora podemos dizer que cada perfil de investidor vê o custo de oportunidade de forma diferente, mas nenhum desses perfis pode ser considerado melhor que o outro. Vamos estudar brevemente os três perfis mais comuns (existem algumas relações entre dois perfis que parecem gerar novos) e ver também como podemos utilizar esse conhecimento para sabermos, ao menos, observar nossas ações no dia a dia.

O Perfil Conservador: A pessoa de perfil conservador geralmente gosta de ter seu dinheiro defendido e não gosta de enfrentar grandes riscos quando o assunto é investimento. Normalmente, grande maioria de seu dinheiro vai para a renda fixa (Títulos Públicos, LCIs, LCAs, CDBs etc.). Como consumidores, as pessoas conservadoras são astutas e pensam várias vezes antes de fazer algumas compras, pesquisando para saber qual seria o melhor custo-benefício, para assim reduzir o custo de oportunidade de sua compra.

O Perfil Moderado: As pessoas de perfil moderado conhecem um pouco sobre o mercado financeiro e sobre investimento. Normalmente buscam uma rentabilidade que supere a inflação no período, tendo assim um ganho real no poder de compra. Aguentam um pouco de volatilidade e buscam como investimento a Renda Fixa, Fundos de Investimento e Ações. Porém, estudam muito antes de investir para terem certeza do que estão fazendo. Como consumidores, podem pesquisar muito ou comprar por impulso, algumas vezes, recorrendo também ao crédito para conseguir consumir com maior qualidade.

O Perfil Agressivo: As pessoas de perfil agressivo normalmente esperam grande retorno de seus investimentos aceitando até correr mais risco. Sendo assim, buscam formas de conhecer o mercado a fundo, as ferramentas mais fortes para investir de maneira mais eficiente. Buscam investir em Renda Fixa, Fundos, Ações, Derivativos, Futuros etc. Podendo recorrer a Alavancagens quando se trata de fazer Trader com ações. Como consumidores, são racionais, mas não se importam de recorrer com frequência ao crédito para conseguirem o que querem comprar.

Essa pequena introdução sobre os perfis tem como principal intuito mostrar que cada pessoa tem seu perfil, mas não existe um melhor ou pior, e sabendo em qual nos encaixamos, será possível reconhecer quais as melhores opções de investimento e/ou consumo de forma que saibamos o quanto de risco estamos dispostos a correr e fiquemos mais satisfeitos com nossas escolhas.

A partir da próxima semana estudaremos a fundo cada um dos três perfis acima citados.

Até a próxima.

(*) David Rocha escreve semanalmente, às terças-feiras. Ele é assessor de investimentos e educador financeiro, que vive o mercado diariamente, desde 2011, e autor do livro Tesouro Direto – Um Caminho para a liberdade financeira de 2016.

Compartilhe:

Leia Também

Os cinco princípios para o acúmulo de riqueza

Você que agora lê esse texto, já pensou em algumas das seguintes perguntas: qual seria …

WhatsApp chat