sexta-feira, 24/05/2019
Início » Editorias » Negócios » TMIB completa 22 anos em atividade em Sergipe
Duplichaves
Único terminal portuário do estado é importante canal de entrada e saída de produtos como fertilizantes e grãos

TMIB completa 22 anos em atividade em Sergipe

Publicado em 14 de dezembro de 2016, 14:48

O Terminal Marítimo Inácio Barbosa (TMIB), localizado em Barra dos Coqueiros, na região metropolitana de Aracaju, completa nesta quarta-feira (14), 22 anos de atuação. O único terminal portuário de Sergipe é administrado desde 2014 pela VLI, empresa de soluções logísticas que integram portos, ferrovias e terminais, e tornou-se desde então uma importante rota de movimentação de granéis sólidos e líquidos, grãos e operação offshore, suporte para as embarcações de apoio às plataformas de petróleo próximas à costa.

Entre os principais produtos que passam pelo terminal, sejam importados ou com destino para exportação, estão coque, ureia, cimento, clínquer, trigo e fertilizantes. Em 2015, o TMIB passou a ser utilizado também para exportação da soja, principal produto agrícola brasileiro.

O terminal possui uma estrutura que compreende sete armazéns com capacidade estática de até 55 mil toneladas, além de dois píeres de atracação,  dois pátios de granéis com capacidade de 90 mil toneladas e três silos de granéis que comportam até 60 mil toneladas. A VLI conta atualmente com 90 funcionários no local.

INCENTIVO

Com o objetivo de fomentar ainda mais a economia do Sergipe e a produção da soja no Estado, uma parceria firmada entre VLI, Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária) e Secretária de Agricultura vem realizando encontros com produtores rurais da região para estimular o plantio do grão.

“O TMIB concentra a maior parte da entrada e saída de produtos no estado. É possível atender às necessidades das indústrias locais, incentivando suas atividades e crescimento, o que gera riquezas e movimenta as atividades em Sergipe”, conta o gerente do TMIB, Valdeilson Paiva.

A VLI tem o compromisso de apoiar a transformação da logística no País, por meio da integração de serviços em portos, ferrovias e terminais. A empresa engloba as ferrovias Norte Sul (FNS) e Centro-Atlântica (FCA), além de terminais intermodais, que unem o carregamento e o descarregamento de produtos ao transporte ferroviário, e terminais portuários situados em eixos estratégicos da costa brasileira, tais como em Santos (SP), São Luís (MA) e Vitória (ES).

Eleita a melhor empresa de infraestrutura do país pelo anuário Épocas Negócios 360º e escolhida como uma das 150 melhores empresas para se trabalhar pela revista Você S/A, a VLI transporta as riquezas do Brasil por rotas que passam pelas regiões Norte, Nordeste, Sudeste e Centro-Oeste.

Leia Também

Inflação atinge famílias pobres, diz Ipea

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) divulgou hoje, 23,  a seção de inflação da …

Comentários