segunda-feira, 21/10/2019
Início » Editorias » Cidades » Sergipe recebe evento sobre plataforma do Google
Rádio FecomercioPowered by Rock Convert
Alunos e profissionais em tecnologia da informação participaram do evento

Sergipe recebe evento sobre plataforma do Google

Compartilhe:
JOB Connect - Coworking e Escritório VirtualPowered by Rock Convert

“A recapitulação do Google Cloud foi muito interessante pelas abordagens trabalhadas de forma mais lúdica e eficiente. Principalmente, quando se trata de formação de professor relacionado à Tecnologia, o mercado de trabalho pede um profissional polivalente, que precisa ter conhecimento tecnológico para continuar inovando e desenvolvendo outras funções dentro de sua área da Comunicação, por exemplo”, afirmou a publicitária e pesquisadora Vivian Aragão.

Voltado a estudantes, profissionais da área de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e demais interessados pelo assunto, o evento abordou temáticas como ‘Escalabilidade na Nuvem Através de Microserviços’, ‘Filosofia Cloud na Gestão de Equipes e Desenvolvimento de  Projetos’ e ‘Google for Students’. O Google Cloud Platform NEXT Recap é uma iniciativa do GDG Aracaju, com o apoio do Sergipe Parque Tecnológico (SergipeTec) e da Associação de Gestores de Tecnologia da Informação do Estado de Sergipe (CIO-SE), e a parceria da Universidade Tiradentes (Unit).

Segundo Carla Almeida, gestora de TIC do Sergipe Parque Tecnológico (SergipeTec), pelo fato de o Parque ter a TIC como uma das três áreas prioritárias de atuação – além da Biotecnologia, e Energia e Meio Ambiente – é fundamental firmar parcerias desse porte, por potencializar e disseminar iniciativas tecnológicas e científicas.

“O SergipeTec busca apoiar e participar de eventos na área de TIC, a exemplo do Google Cloud Next, visando, especialmente, fomentar a geração do conhecimento e de soluções inovadoras existentes e desenvolvidas por empresas que são consideradas por especialistas como referências locais, nacionais e mesmo mundiais, como é o caso do Google”, ressaltou Carla.

De acordo com a organização, o Google Developer Groups (GDG) Aracaju, a ideia é realizar uma nova versão do Google Coud [ocorrido em março em San Francisco (Califórnia/EUA)] na capital sergipana, com o propósito de discutir as novidades neste campo de atuação, de mostrar o que é desenvolvido regionalmente dentro do escopo de Computação em Nuvem (por meio do Keynote, resumo das novidades e palestras divulgadas no evento em CA), além de promover networking entre os participantes.

“Fazer parte do GDG Aracaju é compartilhar experiências e conhecimento, por meio da realização de trabalho voluntário, respaldado no apoio e orientação do Google. Todos os GDGs promovem versões dos eventos, inclusive mundiais, que ocorrem no Google, com o intuito de disseminar as tecnologias, promover um ambiente de networking e de compartilhamento de informações, e também fomentar uma maior conscientização da importância da TIC, para as empresas e outros setores da sociedade. O Google Cloud, em específico, foi direcionado à uma área que só tende a crescer, como Tecnologias Google, Firebase, Arquitetura de Software com Microserviços e Planejamento da Tecnologia voltado à Educação. Foi muito gratificante participar como palestrante e organizadora, agradeço em nome de toda a equipe o apoio de todos os colaboradores, patrocinadores e participantes”, destacou Jéssica Costa, integrante da Comissão Organizadora do Google Cloud Recap e do GDG Aracaju, e Webdesigner do SergipeTec.

Transformação Digital – O diretor de Inteligência Competitiva da Unit, professor Domingos Sávio Alcântara Machado, ministrou palestra ao lado de sua equipe, como a nuvem do Google tem revolucionado a Educação na Universidade, diante da expertise adquirida com a adesão pioneira do Google for Education.

“Trata-se de um passo muito importante. Hoje, temos uma abertura grande com o Google, mas o reconhecimento maior que buscamos é o aprendizado do nosso aluno. Queremos que, quando ele chegar ao mercado de trabalho, tenha um background tecnológico. Em alguns anos, todos deverão passar por uma transformação digital. E é, exatamente, isso que fazemos aqui, na Universidade, porque, se o aluno vivenciou esse momento no ambiente acadêmico, as chances dele ter sucesso e de revolucionar o nosso Nordeste [depois de formado], são muito grandes. Por isso que aprendemos a usar os equipamentos que o professor já usava e conhecia; ele precisa ter facilidades e não obstáculos quando o assunto for tecnologia”, avaliou Domingos.

 

Compartilhe:

Leia Também

Óleo foi derramado entre 600 e 700 km da costa nordestina, diz pesquisa da UFRJ

Powered by Rock Convert O óleo que atinge 77 municípios nordestinos foi despejado na divisa …

WhatsApp chat