domingo, 25/10/2020
Os valores arrecadados em julho foram maiores que em junho

Arrecadação federal em Sergipe tem aumento de 14,6%

A  arrecadação de tributos federais em Sergipe totalizou pouco mais de R$ 374 milhões, em julho deste ano. Em termos relativos, o montante arrecadado foi 29,3% menor que a receita recolhida em julho de 2019. Já na comparação com o mês antecedente, junho último, a arrecadação foi maior, assinalando aumento de 14,6%.

As variações são em termos reais, ou seja, consideram os efeitos da inflação no período, que são medidos pelo Índice Nacional de Preço ao Consumidor Amplo (IPCA).

No mês analisado, a Receita Previdenciária foi a principal fonte de arrecadação da União em Sergipe, somando R$ 151,5 milhões, compreendendo 40,5% do total recolhido.

Em segundo lugar, ficou a arrecadação do Imposto sobre a Renda (IR) com R$ 98,2 milhões, abrangendo 26,3% do montante arrecadado. Em terceiro, figurou a Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins), com aproximadamente R$ 47,7 milhões, no mês analisado, e participação de 12,8% na arrecadação do período.

A análise é do Boletim Sergipe Econômico, parceria do Núcleo de Informações Econômicas da Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (FIES) e do Departamento de Economia da Universidade Federal de Sergipe (UFS), com base nos dados da Receita Federal.

Leia Também

Prévia da inflação tem maior alta para outubro desde 1995: 0,94%

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15), que mede a prévia da …