sábado, 26/09/2020
A safra de milho foi significativa em Sergipe Foto: Arquivo/ASN

Safra de milho em Sergipe deve atingir mais de 760 mil toneladas

A safra nacional de grãos deve atingir 241,5 milhões toneladas, o resultado representa uma alta de 6,6% superior à obtida em 2018 segundo os dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em Sergipe, a produção de milho deve atingir mais de 760 mil toneladas.

A Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Sergipe (Faese) avalia como positivo o resultado da safra do milho de 2019/2020, já que em 2018 a previsão da colheita era de 900 mil toneladas, e só foram colhidas 150 mil toneladas.

Ivan Sobral, da Faese: “manter os números”

“Em 2018 tivemos uma grande estiagem que assolou o estado de Sergipe comprometendo boa parte da nossa produção, mas em 2019 tivemos uma boa safra e a expectativa é manter os números em 2020”, explica o presidente da Faese, Ivan Sobral.

Segundo dados da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), a área plantada foi de 157,3 mil hectares com produção média de 767.384 mil toneladas. Cerca de 90% das áreas produtoras já foram colhidas e a região agreste deverá deter a participação de 74, 85% da produção estadual, seguida pelas regiões do Sertão e Sul.

ICMS do milho

Segundo a Federação da Agricultura, a redução da alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços – ICMS do milho em grãos em Sergipe, de 12% para 2%, vai favorecer o aumento da área plantada de milho no estado, além de contribuir para o escoamento da produção. O decreto foi assinado em setembro de 2019.

“Os produtores ficaram com preços competitivos com a redução da alíquota. Boa parte do nosso milho é vendido para Pernambuco e estados deficitários da produção de milho e ficávamos atrás de outros estados produtores como Maranhão, que tinha a redução da alíquota do ICMS do milho em grãos. Nosso produtor perdia competitividade para escoar a produção”, explica Ivan.

Arroz e feijão

Em relação ao cultivo de arroz, verificou-se que 72,19% das áreas estão no ponto de colheita que se estenderá até fevereiro. A produção esperada é de aproximadamente 30. 624 toneladas. Já a produção de feijão, foi de 4.720 toneladas sendo o município de Poço Verde o maior produtor do estado.

Leia Também

Resgates superam investimentos no Tesouro Direto em R$ 1,14 bilhão

O Tesouro Direto registrou mais resgates do que investimentos em agosto. Foram realizadas 419.578 operações …