segunda-feira, 27/01/2020
Início » Editorias » Política » “Reajuste dos salários dos vereadores e do prefeito é uma canalhice”, diz economista
Rádio FecomercioPowered by Rock Convert
Mesa diretora da Câmara: em causa própria Foto: Gilton Rosas

“Reajuste dos salários dos vereadores e do prefeito é uma canalhice”, diz economista

Compartilhe:

O economista do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Sócios Econômicos (Dieese), Luiz Moura, disse hoje, 13, que o reajuste  dos salários que os vereadores concederam a si próprios “é uma canalhice, um tapa na cara dos servidores públicos municipais que, há três anos, não têm aumento salarial”. O reajuste foi, em média, 33% e vale, não só para os vereadores, mas também para o prefeito e secretários municipais.  A votação foi na sessão de quinta-feira e a medida vale para o próximo exercício (2021/2024).

Luiz Moura, do Dieese: “um tapa na cara dos servidores”

“O prefeito e os vereadores não têm moral nenhuma para propor reajuste nem para eles e nem para ninguém. É uma vergonha”,  reforçou Luiz Moura, ao lembrar que no passado, o então presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Antônio Góes, entrou com uma ação na Justiça contra um reajuste semelhante e até agora não foi julgado.

“Parabéns se teve algum vereador que votou contra isso. Esse fato é muito grave”, frisou  Luiz Moura. “Os vereadores têm 60 dias de férias por ano. A grande maioria dos servidores municipais recebe até R$ 2 mil.  Os vereadores reajustam os próprios salários, mas não tem  reajuste para  os servidores. Como cidadão, digo que esse ato deles é reprovável, um absurdo”, ressaltou Luiz Moura.

Segundo a Câmara Municipal,  o subsídio do vereador segue a Constituição Federal e corresponde a 75% do valor recebido pelo deputado estadual.

A Mesa Diretora é composta pelo presidente  Nitinho (PSD), pelo vice-presidente Thiaguinho Batalha (PMB), o 1° secretário Dr Gonzaga (MDB), o 2° secretário Isac (PCdoB) e o 3° secretário Seu Marcos (PHS).

Confira os valores aprovados:

Vereador: passa de R$ 18.991,68 para R$ 24.689,19
Prefeito: sai de R$ 24 mil para R$ 30.240
Secretários: de R$ 15.031,76 para R$ 18.991,69

Compartilhe:

Leia Também

Láercio Oliveira diz que erro nas nota do Enem “foi um desleixo” e cobrou posição do governo

O deputado federal Laércio Oliveira (Progressista) afirmou hoje,  20, que está indignado com  os erros …

WhatsApp chat