quarta-feira, 18/09/2019
Início » Colunistas » Antônio Carlos Garcia » Acidentes de trabalho mataram 10 pessoas em Sergipe em 2017
Rádio FecomercioPowered by Rock Convert

Acidentes de trabalho mataram 10 pessoas em Sergipe em 2017

Compartilhe:

Em 2017,  aconteceram em Sergipe 2.501 acidentes de trabalho, sendo que 10 trabalhadores morreram e 120 ficaram incapacitados permanentemente. Os dados são do Anuário Estatístico da Previdência Social e considerados alarmantes pela engenheira de segurança no trabalho,  Sandra  Rocha, que coordena no Estado a campanha Abril Verde, de conscientização em prol da prevenção de acidentes e doenças ocupacionais.

Sandra Rocha diz que o ideal seria número zero para acidentes

Os números de 2016 revelam que a situação, naquele ano, também não foi  das melhores. Foram 2.728 acidentes, com oito mortes e 78 trabalhadores incapacitados. Para Sandra Rocha, é importante se criar uma cultura de prevenção, não só em Sergipe, mas em todo o País, para mudar esse quadro.

Estudiosa no assunto, Sandra aproveita o Abril Verde para fazer palestras em empresas sobre segurança no trabalho e dá dicas importantes no Instagram ssobrasil que, lançado há uma semana, já conta com mais de 500 seguidores.

Para este mês, Sandra tem três palestras programadas. Essa semana, na Mosaic, com os prestadores de serviço; no dia 25, com empregados da Imperial Bebidas e, possivelmente, no dia 29 (a data ainda está sendo acertada) em uma empresa que presta serviços a Energisa, concessionária de distribuição de energia elétrica.

A palestrante também é engenheira eletricista, mestre em Engenharia de Produção e doutoranda em Meio Ambiente. No Senai, ela é responsável pelo Laboratório de Calibração e Temperatura, além de consultora na área de sistema de gestão integrada e meio ambiente. Ela leciona em duas universidades privadas.

Abril Verde

Assim como em Sergipe, os números de acidentes do trabalho no Brasil são alarmantes.  Em  2017, em todo o Brasil ocorreram  549.405 acidentes, com 2.096 mortes e 12.651 trabalhadores incapacitados. Em 2016, foram 585.626 acidentes, com 2.288 mortes e 14.981 incapacitados.

O Abril Verde surgiu em alusão ao “Dia Mundial em Memória das Vítimas de Acidentes e Doenças do Trabalho” como iniciativa da população, devido a ocorrência, em 1969, de uma explosão em uma mina da cidade de Farmington, na Virgínia, Estados Unidos, que matou 78 trabalhadores, caracterizando o ocorrido como um dos maiores e mais conhecidos acidentes trabalhistas da humanidade.

O Abril Verde conta com a participação voluntária de pessoas que desejam dar sua contribuição para a implantação de uma cultura prevencionista, isto é, a prevenção de acidentes de trabalho e doenças ocupacionais, cujo objetivo é melhorar as condições do ambiente de trabalho, tornando-o mais seguro, confortável e com uma melhor qualidade de vida laboral para todos os trabalhadores.

JOB Connect - Coworking e Escritório VirtualPowered by Rock Convert
Compartilhe:

Leia Também

LBV oferece emprego de educador social em Aracaju

O Centro Comunitário de Assistência Social da Legião da Boa Vontade (LBV) em Aracaju está …

WhatsApp chat