quinta-feira, 19/09/2019
Início » Editorias » Política » Os candidatos a prefeito de Aracaju confiantes na vitória
Rádio FecomercioPowered by Rock Convert
Edvaldo Nogueira, que lidera a pesquisa, diz que recebe o resultado com humildade

Os candidatos a prefeito de Aracaju confiantes na vitória

Compartilhe:

Do candidato que lidera a primeira pesquisa do Ibope – Edvaldo Nogueira (PCdoB), com 28% das intenções de voto –  ao lanterninha  João da Tarantela (PMN), com 1% –  todos ficaram satisfeitos com o resultado e têm o mesmo discurso: vão avançar e sentar na cadeira de prefeito de Aracaju, no Palácio Aloísio Campos.  Os menos conhecidos apostam no horário eleitoral gratuito para se apresentarem ao eleitorado aracajuano, mas não abrem mão da visita aos bairros, da conversa com as pessoas, principalmente os 19% que se declararam que votam em branco ou nulos e os 5%  que não sabem ou não responderam.

Edvaldo Nogueira disse que recebeu a pesquisa “com muita alegria e satisfação porque, de fato, na nossa campanha  e na própria pré-campanha, percebemos  o sentimento do retorno da nossa presença na prefeitura para que Aracaju volte a ser a capital da qualidade de vida”. Segundo ele, “as pessoas estão muito tristes com o que aconteceu em Aracaju nos últimos quatro anos, na administração de João Alves,  e ao fazer a comparação percebem o que nós construímos. O que sentimos nas ruas é que as pessoas querem que voltemos à Prefeitura para recuperar e preparar a cidade para o futuro”.

O candidato do PCdoB disse que vai trabalhar ainda mais para continuar liderando as pesquisas, “mas queremos estar bem na pesquisa final que é o voto, a eleição, que vai decidir tudo”. O resultado da pesquisa não vai mudar a campanha, mas ele ressalta que o importante é a humildade, que não afeta o seu estado de espírito, “não nos coloca em posição de já ganhou”.  Ele diz que “recebeu os números com alegria, mas com humildade e vamos continuar fazendo a nossa campanha que já está definida, discutindo os problemas da cidade, sem promessas mirabolantes, mas de reconstrução da cidade”.

O prefeito de Aracaju e candidato a reeleição, João Alves Filho (DEM) ficou em segundo lugar na pesquisa do Ibope, com 18% da preferência do eleitorado. O coordenador da campanha de João, Walker Carvalho disse que esse percentual já era esperado porque  a decisão de concorrer foi tomada no dia convenção, mas o resultado é favorável. “Isso nos dá coragem, vontade de lutar e chegar em primeiro. Vejo com bons olhos esse resultado”, disse Walker.

Quanto ao índice de rejeição de 55%, Walker afirmou que “é algo normal para quem estar no poder, quando se quer fazer projetos, mas não tem recursos, seja por falta de incentivos do Estado ou da União”. Mas o coordenador garantiu que não está preocupado em figurar em segundo lugar, pois essa situação é passageira.

Valadares Filho (PSB), terceiro colocado nas intenções de voto com  15%,  não tem dúvidas que estará no segundo turno e vencerá as eleições. “Pesquisa é pesquisa, e não se deve contestar. O mais importante é saber interpretá-la. E pela minha interpretação, o empate técnico em segundo lugar nos é muito significativo. Nos diz que estamos começando bem”, afirmou.

“Os 30% de intenções de voto que se formam da nossa participação e dos demais quatro companheiros que disputam a Prefeitura de Aracaju dizem, claramente, que o aracajuano nem aceita nem o candidato do Governo do Estado e nem o que está na Prefeitura”, analisou. Quando o horário eleitoral na TV começar, na sexta-feira, “vamos mostrar as nossas propostas aos aracajuano”.

Os nanicos – Mesmo com percentuais menos expressivos, os candidatos nanicos apostam que estarão no Palácio Aloísio Campos, no próximo ano. Vera Lucia (PSTU, que obteve 7% de intenções de voto, está muito animada e considera expressiva esse percentual. Mesmo com apenas oito segundo de propaganda eleitoral, ela disse que vai dar o recado ao trabalhador, principal foco da sua campanha.  “Estamos aqui no Santa Maria junto com os trabalhadores, com a classe pobre e não com os ricos como fazem os outros”, comentou.

A candidata Sônia Meire (PSOL), com 4% das intenções de voto, não tem dúvidas de que estará no segundo turno e esse percentual o deixou animada a estar mais próxima da população. “Quando divulgarmos o nosso programa de governo para a sociedade, esse percentual vai aumentar” garantiu, ao lembrar que quando foi candidata a governadora de Sergipe, em 2014, chegou a 10% das intenções de voto.

O Dr. Emerson (Rede), com 3% das intenções, garantiu que não está muito preocupado com pesquisas eleitorais. “Não sei como fizeram, qual a metodologia. Quantas vezes perguntaram sobre a rejeição”, disse não concordando com 14%  de rejeição ao seu nome.

O 1% de aprovação e 17% de rejeição não desanima o candidato João da Tarantela. Muito pelo contrário: a pesquisa o deixou muito animado. “Uma maravilha. 99% da população não sabe que sou candidato, mas vão me conhecer”, avisou. “Desse 1% serei o número 1 para sentar na cadeira de prefeito”, disse João, que lamentou que seu xará – João Alves – esteja concorrendo, quando deveria estar saindo da vida pública por ser “um dinossauro desorientado”.

A pesquisa do Ibope foi divulgada na noite da terça-feira pela TV Sergipe, afiliada da Rede Globo. Foram ouvidas 602 pessoas, entre os dias 19 e 23 de agosto e possui 95% de confiança. A pesquisa, com margem de erro de 4%, está registrada na Justiça Eleitoral sob o número  SE/09510/2016.

Compartilhe:

Leia Também

STF afasta Valmir Monteiro, definitivamente, da Prefeitura de Lagarto

O prefeito de Lagarto, Valmir Monteiro, foi afastado definitivamente do cargo por decisão do Supremo …

WhatsApp chat