sábado, 23/03/2019
Início » Editorias » Cidades » Frente quer reduzir preço da tarifa de ônibus
Duplichaves

Frente quer reduzir preço da tarifa de ônibus

Publicado em 12 de janeiro de 2016, 18:47

Os integrantes da Frente Sergipana Brasil Popular prosseguem hoje, 12, com a  Campanha do Veto Popular e estão percorrendo as ruas de Aracaju para coletar assinaturas como objetivo de recolher mais de 20 mil assinaturas de eleitores de Aracaju estejam insatisfeitos com a tarifa do transporte coletivo. No final do ano passado, a Câmara Municipal aprovou o novo preço da tarifa, que passou de R$ 2,70 para R$ 3,10.

Hoje, terça, 12, integrantes da Campanha estão no bairro Japãozinho (concentração no posto Petrox) para dialogar com os moradores do bairro e coletar assinaturas. Na quarta-feira, dia 13, será a vez do Santa Maria receber pontos de coleta de assinaturas (com concentração no G Barbosa). Nos dois bairros, a coleta iniciará às 16 horas.

Mas, a principal atividade desta semana acontecerá na quinta-feira, dia 14, quando estudantes e trabalhadores sairão em caminhada pelas ruas e avenidas do centro da cidade, expressando o repúdio ao valor da tarifa e à qualidade do transporte público, denunciando os vereadores que votaram favoráveis ao aumento e explicando a  sociedade os objetivos da Campanha Veto Popular. A manifestação tem concentração marcada para 15 horas, na Praça Fausto Cardoso.

Na quinta-feira, pela manhã, serão instalados pontos de coleta de assinaturas nos terminais de ônibus da cidade (DIA, Mercados, Centro, Maracaju, Rodoviária Nova e Atalaia). À tarde, conforme informado acima, será o momento da caminhada pelas ruas e avenidas do centro.

A agenda de mobilizações prossegue na sexta-feira, 15,  quando será realizado o Bloco do Veto Popular, manifestação que reunirá arte, cultura e manifestação social contra o aumento da tarifa. A concentração do bloco será no G Barbosa do bairro Bugio, a partir das 16 horas.

E no final de semana as atividades continuam. No sábado, a partir das 6:30 h, a coleta de assinaturas acontecerá nas entradas da feira do Santo Antônio e, às 9 horas, no calçadão da João Pessoa (concentração na Caixa Econômica). No domingo, aproveitando o movimento de pessoas para a Orla da cidade, a coleta será feita no Terminal de ônibus da Atalaia, a partir das 9 horas Hoje, terça, 12, integrantes da Campanha estão no bairro Japãozinho (concentração no posto Petrox) para dialogar com os moradores do bairro e coletar assinaturas. Na quarta-feira, dia 13, será a vez do Santa Maria receber pontos de coleta de assinaturas (com concentração no G Barbosa). Nos dois bairros, a coleta iniciará às 16 horas.

Para representantes das entidades organizadoras da Campanha, o apoio manifestado pela população tem sido o principal motivador para a ampliação das mobilizações. “O povo está sendo bem receptivo, além de assinar as pessoas estão levando formulários para casa, para o trabalho e se comprometendo a devolver nos pontos de coleta. Muita gente também tem parado na hora e ajudado espontaneamente na coleta. Isso nos anima porque demonstra que a população compreendeu a proposta e a entendeu como algo positivo para a nossa cidade”, afirma Rawy Sena, um dos organizadores.

De acordo com Lucas Bomfim, também da organização da Campanha, a ideia do Veto Popular se consolidou como algo de toda a população de Aracaju. “A campanha assumiu proporções animadoras, demonstrando a vontade de toda a cidade de barrar este aumento, deixando visível quais interesses e medidas o povo quer que sejam aprovados. O envolvimento popular tem sido tanto que, diferente do que tentam dizer representantes da Prefeitura, esta não é uma campanha exclusiva de ninguém, mas de toda a população aracajuana”, frisa Lucas.

A Campanha pelo Veto Popular orienta que os cidadãos e cidadãs interessados/as em assinar o formulário portem o seu título de eleitor e informa que há pontos fixos de coleta de assinaturas espalhados pela cidade, como na Universidade Federal de Sergipe e nas sedes do Sintese, Sindicato dos Bancários, Sindicato dos Comerciários, CUT, CTB, PT e COREN.

JOB Connect - Coworking e Escritório VirtualPowered by Rock Convert

Leia Também

Empresários paranaenses querem investir em Sergipe

Um grupo de 10 empresários de Londrina, no Paraná, de diversos segmentos, como telemarketing, construção …