quarta-feira, 21/11/2018
Início » BANCADA DA BOLA » Ex-jogador sofre com câncer e pede ajuda a torcedores
Duplichaves
Clei marcou época no Itabaiana

Ex-jogador sofre com câncer e pede ajuda a torcedores

Share Button
Colunista esportivo Charles Hardman

Diagnosticado há três anos com um câncer na região gastrointestinal, o ex-jogador Geovanclé Rodrigues dos Santos de 49 anos, mais conhecido como Clei, que marcou época no Maruinense, Itabaiana e outros clubes brasileiros, está em casa acamado na luta contra a doença.

Passando por momentos de dificuldades, o ex-atleta necessita de fraldas tamanho G e de complementos alimentares.

A situação do ex-jogador Clei é deprimente

Viúvo e pai de três filhos, Clei é um sergipano natural do município de Barra dos Coqueiros. Ele iniciou no futebol nas categorias de base do Confiança e depois seguiu para o Guarany de Porto da Folha.

O atacante recorda que passou por Jacuipense/BA, Maruinense/SE, Galícia/BA, Fluminense de Feira de Santana, Comercial/AL, Avaí/SC, Tubarão/SC, Anapolina/GO e Avenida /RS.

Ele disse ainda que em 1998 viveu um grande momento na carreira, atuando pelo Itabaiana na série C do Campeonato Brasileiro. Na época o time chegou muito próximo do acesso à segunda divisão. Além disso, ele sagrou-se vice-artilheiro da competição marcando 19 gols.

Por fim, veio a lembrança que nesse mesmo certame o Itabaiana empatou com o São Raimundo em Manaus pelo placar de 1×1. Logo, a classificação da equipe sergipana para a fase final foi garantida nas cobranças de pênaltis pelo escore de 4×3.

Já disputando as finais ao lado do Avaí/SC, Anapolina/GO e São Caetano/SP; o Itabaiana não conseguiu ascender à série B.

Qualquer pessoa que se interessar em visitar ou até mesmo ajudar ao ex-jogador poderá encontrá-lo na Travessa Dom Quirino, 84, Atalaia Nova, na Barra dos Coqueiros ou ainda entrar em contato telefônico pelos números: 9877-8061, 9802-2043 e 9884-4583.

Share Button
WWebsites

Leia Também

Caratecas sergipanos participam de campeonato em Buenos Aires

Uma delegação com 19 caratecas sergipanos, comandada pelo professor Yoakan Jócelis, está participando até o …