sábado, 18/11/2017
Início » Colunistas » Daniele Wanzeller » Do severo ao permissivo
Pais permissivos

Do severo ao permissivo

Share Button

Oi pessoal!

Tudo bem?

Sempre ouvimos por aí que o tempo passou e o modo de educar evoluiu. Que não precisamos bater para educar.

A forma rígida e severa com que os nossos pais eram educados acabavam os afastando dos pais. Nós já fomos educados como menos rigidez do que na época dos nossos pais, mas ainda não tínhamos uma relação tão íntima quanto a que temos hoje com nossos filhos.

Pais permissivos acabam criando crianças intolerantes. Quando elas não aceitam regras, seja para jogar um jogo, para andar no ônibus, para se comportar na escola, terão dificuldades para conviver com os outros.

Colocar limites não significa ser autoritário, mas sim ter autoridade. Através da colocação de limites os pais ensinam a criança a respeitar-se e a respeitar os outros.

Bom senso é sempre a medida certa e é fundamental na educação. Crianças que ficam soltas demais tendem a se perder, a ficar sem referência. Assim, muito carinho aliado a um tratamento disciplinador, com limites claros e bem estabelecidos promove a segurança emocional que os filhos precisam.

Limites são necessários em todas as fases. É na infância que devemos começar a impor limites, evitando que esse processo se torne doloroso na adolescência e na vida adulta.

Agora cuidado para não exagerar no limite:  tudo tem que ter um equilíbrio. Pais superprotetores criam crianças mais imaturas e menos preparadas para encarar a vida de maneira segura.

Muitas crianças enfrentam os limites com birras e aí como resolver o problema? Vou lhe dar duas opções que aqui em casa funcionam bastante. Se estiver em casa, simplesmente deixe-a chorar, ignore. Em algum momento ela vai parar e vai deixar de lado esse artifício. Sei que isso pode ser desgastante, mas vai funcionar. Se estiver na rua, retira a criança do local, pega seu filho no colo e encerra o passeio ou consegue resolver a crise sem ceder.

Se você ceder, eles vão sempre usar esse artifício para conseguir o que querem.

As crianças precisam de regras claras, objetivas e coerentes colocadas com segurança e na hora certa. Impor limites é a maior prova de amor pelos seus filhos.

Espero que tenham gostado.

Beijos…

Leia mais no Blog Dani Tagarela

Share Button
WWebsites

Leia Também

Valores eticos

Valores éticos que devemos ensinar aos nossos filhos

Você lembra da matéria Educação Moral e Cívica e sabe qual era o seu significado? Ela ensinava civilidade e regras básicas para a boa convivência dos cidadãos.

Deixe uma resposta