domingo, 20/01/2019
Início » Editorias » Política » Belivaldo Chagas é governador reeleito de Sergipe
Duplichaves
Belivaldo Chagas e a vice Eliane Aquino, eleitos

Belivaldo Chagas é governador reeleito de Sergipe

Share Button

O governador Belivaldo Chagas  (PSD) foi reeleito com 679.051 votos (64,72%),   com uma diferença de 308.161 votos em relação ao seu opositor, Valadares Filho (PSB), que teve 370.161 votos (35,28%). Essa foi a primeira vez, desde 2002, que as eleições para governador de Sergipe não iam para o segundo turno. Na época, João Alves disputou e venceu o  pleito para José Eduardo Dutra, já falecido. Essa, também, é a terceira derrota de Valadares Filho numa disputa para um cargo majoritário.

Com 58 anos,  Belivaldo já tinha sido vice-governador  na chapa de Marcelo Déda, continuou como vice na chapa de Jackson Barreto, que deixou o cargo em abril para ser candidato a senador, mas perdeu.  Em 7 de abril, Belivaldo assumiu o Governo de Sergipe.

A coligação de Belivaldo Chagas, “Pra Sergipe avançar”, foi formada pelos partidos PP / MDB / DC / PC do B / PSD / PT / PHS. As pesquisas eleitorais, no primeiro turno colocavam Belivaldo sempre no terceiro lugar, ficando atrás de Valadares Filho e Eduardo Amorim. Mas com a proximidade das eleições, houve uma guinada e ele ficou à frente de Valadares Filho. No dia 7 de outubro,  Belivaldo Chagas ficou em primeiro lugar com  403.252 votos ( 40,84%), enquanto Valadares Filho, 212.169 (21,49%), em segundo.

Natural de Simão Dias, Belivaldo Chagas exerceu a função de secretário da Casa Civil. É defensor público aposentado, já foi deputado estadual por quatro legislaturas, secretário de Estado da Articulação com os Municípios, coordenador Geral do Projeto Nordeste, diretor-presidente da Segrase e secretário de Estado de Educação.

 

Matéria atualizada ás 21h54

 

Share Button
WWebsites

Leia Também

Com decreto, pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

A partir do decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro hoje (15), no Palácio do Planalto, …