sexta-feira, 22/01/2021
Luciano Bispo, presidente da Alese, foi um dos assinou o documento Foto: Agência Alese

Presidentes de Assembleias Legislativas Nordestinas lançam documento de repulsa a declarações de Bolsonaro

Os nove presidentes das Assembleias Legislativas do Nordeste – colegiado ParlaNordeste, entre eles o de Sergipe, Luciano Bispo, divulgaram uma nota pública repudiando as declarações do presidente Jair Bolsonaro, na última sexta-feira, 19. Bolsonaro chamou os nordestinos, pejorativamente, de “paraíbas” e criticou o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB).

Ouça o que disse o presidente Bolsonaro

No documento, os presidentes das Assembleias alertam que a Região Nordeste é “a terceira maior economia do Brasil, é morada de 53 milhões de brasileiros que têm orgulho de viver não só na Paraíba, mas também, no Maranhão, em Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Bahia, Rio Grande do Norte, Ceará e Piauí”.

O ParlaNordeste ressalta o importante trabalho desenvolvido pelos nove governadores eleitos e reeleitos democraticamente pelo povo nordestino, os quais não têm medido esforços para promoverem o desenvolvimento dos seus estados e proporcionarem uma vida digna à população.

“Por isso, lutaremos contra todo tipo retaliação em função de diferenças políticas ou preconceito. Exigimos respeito e não abriremos mão do cumprimento dos deveres do Governo Federal para com a nossa região”, disseram.

Veja a lista dos presidentes das Assembleias Legislativas do Nordeste

Othelino Neto – presidente do Parlanordeste (MA)

Adriano Galdino (PB) – vice-presidente do Parlanordeste

José Sarto (CE) – secretário do Parlanordeste

Themístocles Filho (PI)

Luciano Bispo (SE)

Nelson Leal (BA)

Marcelo Vitor (AL)

Leia Também

Por unanimidade, Anvisa aprova uso emergencial de vacinas contra covid

Por unanimidade, os cinco diretores da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovaram o uso …