sexta-feira, 18/10/2019
Início » Editorias » Negócios » Grupo Tiradentes trará para Aracaju evento da Nasa
Rádio FecomercioPowered by Rock Convert

Grupo Tiradentes trará para Aracaju evento da Nasa

Compartilhe:
JOB Connect - Coworking e Escritório VirtualPowered by Rock Convert

Pela primeira vez, um evento da Nasa (Agência Especial Americana) será realizado em Sergipe, sob a responsabilidade do Tiradentes Innovation Center, entidade da Universidade Tiradentes (Unit), cujo objetivo é desenvolver uma cultura de inovação nas instituições de ensino da região Nordeste. A informação é do CEO do Grupo Tiradentes, Saumíneo Nascimento, ao acrescentar que a unidade de ensino está investindo cerca de R$ 10 milhões na Tiradentes Innovation Center. “Vamos chamar a comunidade para contribuir  com ideias e projetos de educação, neste sentido alunos e funcionários serão contemplados no referido chamamento. Queremos que seja feito um exercício constante de experimentação”, disse. Mesmo com o cenário econômico adverso, com um governador cujo mandato foi cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE), o Grupo Tiradentes  segue firme e já tem um Plano de Internacionalização para, até 2022, construir bases sólidas. Embora o turismo seja um setor relegado a segundo plano no Estado, a Unit está investindo nesse ramo e por entendê-lo necessário  possui cursos de idiomas, gastronomia e gestão que podem dinamizar esse segmento no Estado.  Essa semana, entre uma viagem e outra,  com uma agenda repleta de reuniões, o CEO do Grupo Tiradentes concedeu a seguinte entrevista ao Só Sergipe.

SÓ SERGIPE – Recentemente, no Almoço com Negócios promovido pela Acese, o senhor  anunciou o Tiradentes Innovation Center,  um investimento de quase R$ 10 milhões de reais. O que vem  a ser o Innovation Center e como será o trabalho desenvolvido ali?

SAUMÍNEO NASCIMENTO  – O objetivo do Tiradentes Innovation Center é desenvolver uma cultura de inovação nas instituições de ensino da Região Nordeste. Para isso pretendemos aproximar as startups de Educação, discutindo juntos os problemas da educação. No Tiradentes Innovation Center teremos curso de formação de professores, workshop sobre temas de inovação, desenvolvimento de incubadoras de empresas de inovação na educação, articulações com o setor produtivo no desenvolvimento de novos designs voltados para a educação, reuniões de discussões técnicas voltadas para inovação na educação, etc.

Vista aérea do campus Farolândia
Fotos: Bruno Nasca

SS – Quando estiver em funcionamento, o que representará o Innovation Center para a Unit e para o Nordeste, de uma forma geral? Que benefícios terão alunos e funcionários da instituição?

SN – Queremos criar espaços educacionais diferenciados que  possibilitem aos alunos aprenderem fazendo, isto será feito através do fomento à pesquisa voltada à melhoria  do aprendizado. O Tiradentes Innovation Center irá chamar a comunidade para contribuir  com ideias e projetos de educação, neste sentido alunos e funcionários serão contemplados no referido chamamento. Queremos que seja feito um exercício constante de experimentação.

SS – A previsão do Grupo Unit é investir, até o final do ano, R$ 40 milhões. Como serão estes investimentos?

SN – Modernização das instalações, novos laboratórios, ampliação da capacidade instalada e implementação de novos cursos.

SS – A Unit já é dona de outras instituições de ensino aqui em Sergipe.  Dentro deste plano de investimentos, está  em negociação a aquisição de uma outra unidade para ampliar a capilaridade do grupo?

SN – Não, estamos cuidando do nosso crescimento de forma orgânica, ou seja, crescimento interno, aumentando a capilaridade e capacidade instalada. Mas a partir de 2020 poderemos analisar novas aquisições, porém esta é uma decisão dos sócios.

SS – Pegando carona no termo inovação, o Grupo Unit surpreende ao anunciar tantos investimentos num país que ainda não encontrou seu rumo e num Estado que pode ter um governador cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral. Como vocês estão navegando  nesse cenário de incertezas?

SN – O Grupo Tiradentes possui um Planejamento Estratégico de longo prazo e que cuida de analisar constantemente o cenário econômico em sua área de atuação, podendo antecipar ações e posicionamento com estratégias adequadas de manutenção da qualidade na oferta de educação superior e sua sustentabilidade. Cabe destacar também que temos um Plano de Internacionalização no qual buscamos, essencialmente, dentro do espaço temporal 2019-2022, construir bases sólidas para que hajam em todas as unidades do Grupo Tiradentes, condições para o desenvolvimento da internacionalização como diferencial estratégico na formação profissional.

Capela do campus Tiradentes
Foto: Marcelo Freitas

SS –   O Grupo Unit tem uma unidade em Boston (EUA), o Tiradentes Institute, com  diversos cursos. Como está a unidade hoje, com quantos cursos e alunos?

SN – Temos o nosso responsável pela área internacional do Grupo Tiradentes, o professor Otávio Correia, em regime de trabalho constante em Boston – EUA, buscando parcerias e articulações que atendam os objetivos do Tiradentes Institute. Diante disso, temos diversas ações a realizar por conta de termos o Tiradentes Institute, a saber:

a)Estamos em negociação com pesquisadores do Brigham and Women’s Hospital e do Children’s Hospital Boston para oportunizar internato para nossos alunos de Medicina;

b)Teremos duas imersões em Boston, em julho de 2020, na área de Planejamento Urbano e Disparidades de Saúde;

c)O Women’s Brazilian Conference  irá ocorrer em novembro, no Instituto Tiradentes;

d) Estudos de Especializações com Duplo Diploma, em parceria com a University of Massachusetts Boston, começaram a ser estudados, além de diversas outras ações que estamos em realização.

SS – Acredito que o Tiradentes Institute esteja totalmente integrado ao Innovation Center. De que forma?

SN – Se dá através de parcerias para a realização de alguns importantes eventos acadêmicos, a exemplo de:

a) em parceria com o Tiradentes Innovation Center iremos lançar o BootCamp Tiradentes, a ocorrer em Boston;

b) Em janeiro, em parceria com o Tiradentes Innovation Center e o MIT Brazil, iremos realizar o Global Start Up Lab, em Aracaju; e

c) Iremos realizar um grande evento da NASA (Agência Espacial Americana) aqui em Sergipe pela primeira vez e será no Tiradentes Innovation Center.

SS – O reitor da Unit, professor  Jouberto Uchôa, tem participado de muitos eventos ligados ao turismo, tentando alavancar a chamada “indústria sem chaminé”. O Estado de Sergipe não tem uma política de  Estado para esse segmento e os secretários são todos indicações políticas, o que se configura uma política de governo. Como a Unit pode ou está contribuindo  para que o turismo seja algo profissional em Sergipe?

SN – A Universidade Tiradentes em Sergipe possui cursos que são ligados diretamente ao turismo, a exemplo de:  cursos de idiomas, curso de gastronomia, gestão, etc. e que podem dinamizar o turismo no Estado. Também estamos apostando que o Innovation Center da Universidade Tiradentes com os seus eventos possa dinamizar o turismo de eventos em Sergipe.

SS – A Unit tem unidades em Alagoas, Pernambuco e Bahia com uma presença muito forte. Há projeto de ampliações para os demais estados do Nordeste?

SN – Nós temos educação a distância nos Estados da Bahia e Rio Grande do Norte, além dos estados onde temos as unidades presenciais já citadas (Sergipe, Alagoas e Pernambuco). Iremos avaliar no momento certo e de acordo com o interesse dos sócios, a partir de 2020, possibilidades competitivas que possam surgir.

SS -Agora, falando do  senhor,  com uma carreira de sucesso no Banco do Nordeste, passando por secretarias de Estado e no Banese, como tem sido esse novo desafio como CEO do Grupo Tiradentes?

SN – Tem sido uma experiência gratificante por ser educação e pelos princípios e valores do Grupo Tiradentes. Também é desafiador pelo cenário adverso que a economia nacional vive. Estou contente, motivado e feliz em trabalhar no Grupo Tiradentes e sou muito grato à confiança depositada em mim pelo professor Jouberto Uchôa e sua família para a condução como gestor dos planos de trabalho do Grupo Tiradentes, focado principalmente na constante elevação da qualidade do ensino.

SS – Quantos alunos o Grupo Tiradentes tem em todas as suas unidades atualmente? E somente em Sergipe? Quantos funcionários tem a Unit? Com a Tiradentes Innovation serão criados  quantos postos de trabalho?

SN – De uma forma geral podemos informar que o Grupo Tiradentes possui algo em torno de 45.000 alunos de graduação, pós-Graduação Lato Sensu, mestrado, doutorado e pós-doutorado; e em Sergipe ficam aproximadamente 2/3 dos alunos. Temos mais de 3.000 funcionários e cerca de 45% trabalham em Sergipe. Ainda não temos como estimar a geração de empregos diretos que serão proporcionalizados pelo Tiradentes Innovation Center, mas na sua estrutura administrativa teremos um número de novos funcionários com perfil técnico de inovação e voltados para tecnologias educacionais.

Compartilhe:

Leia Também

Presidente da Faese diz que redução da alíquota do milho foi vitória importante para os produtores

Powered by Rock Convert O presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de …

WhatsApp chat