sábado, 05/12/2020
Os ciclistas sergipanos recebendo as bênçãos em Aparecida, São Paulo

Ciclistas sergipanos chegam a São Paulo depois de 13 dias de viagem

Colunista esportivo Charles Hardman

Pedalando, os sergipanos Adhemar Alves, João Alberto e Raimundo Júnior chegaram a São Paulo no início da noite de ontem, 30. Na terra da garoa, no momento da chegada, chovia. Os aventureiros cumpriram a meta de percorrer 2.200 km de Aracaju até Sampa. Depois disso, com as bikes dentro de um ônibus, eles seguiram para Campinas. Na próxima segunda-feira, 2 de novembro, de avião, eles retornam para Aracaju.  O embarque está previsto para as 8h10, no aeroporto Internacional de Viracopos.

Os ciclistas deixaram a capital sergipana no dia 17 de outubro, às 04h30 da manhã. Foram 13 dias de muito pedal pelas rodovias, começando sempre bem cedo e só parando no fim da tarde. O café da manhã e o almoço eram feitos em intervalos curtos, com o objetivo de ganhar tempo. O jantar acontecia nas pousadas antes do pernoite.

Para os amigos Adhemar, João e Júnior, o momento mais emocionante durante a viagem aconteceu ontem, 30, ao meio-dia, quando chegaram à cidade de Aparecida, no interior de São Paulo. “Os sinos badalaram parecendo que estavam nos esperando”, disse Adhemar bastante comovido por estar na frente da Basílica de Nossa Senhora Aparecida.

 

João Alberto contou que foi muito gratificante poder chegar à Catedral e agradecer a Nossa Senhora, “por nos trazer em paz e que nada de mau aconteceu, pois a viagem é muito difícil”.

Muito emocionado, Júnior relatou em poucas palavras o que sentiu. “Isso aqui é lindo demais, são 13 sinos batendo”, declarou.

No Rio de Janeiro

Na quarta-feira, 28 de outubro, foi o único dia que os ciclistas sergipanos não pedalaram. Isso porque, no Rio de Janeiro, participaram da festa comemorativa ao Dia do Flamenguista. O evento, que aconteceu em Queimados, foi promovido pela torcida Embaixada Flamengo de Nova Iguaçu.

No Rio, os aventureiros Adhemar, João e Júnior ficaram hospedados na residência do casal Antônio Carlos Souza, sendo este primo do Júnior, e Simone da Silva Freitas Souza. Durante o período de folga do pedal eles aproveitaram para fazer revisão nas bikes. Até porque no dia seguinte, 29, já retornariam a montar nas bicicletas e prosseguir viagem.

Perigos

Os ciclistas Adhemar, João e Júnior contaram que do Rio de Janeiro a São Paulo, apesar da chuva em alguns trechos, a viagem foi tranquila. Na ocasião, puderam até apreciar a beleza da Serra das Araras, localizada entre os municípios de Piraí e Paracambi, no Estado do Rio de Janeiro.

Por outro lado, acrescentaram que também no Rio de Janeiro, quando estavam se aproximando da rodovia Niterói-Manilha, tiveram que pegar ônibus e entrar  com as bikes, pois havia operação policial.

Já no Espírito Santo, por conta da chuva, ficaram tensos a ponto de pararem mais cedo, pois não enxergavam nada na frente, o que poderia resultar em acidente.

Leia Também

Série B: De virada, Confiança bate o Vitória fora de casa e encosta no G4

O Confiança derrotou de virada o Vitória por 3×2, nesta sexta-feira, 4, no estádio Barradão, …