sexta-feira, 15/01/2021
Produção de abacaxi no interior de Sergipe

Agricultores familiares de abacaxi terão direito a bônus do PGPAF

Os agricultores familiares de Sergipe que financiaram o plantio de abacaxi e que tenham suas parcelas de custeio ou investimento pagas entre 10 de janeiro a 9 de fevereiro deste ano, têm direito a receber o bônus do Programa de Garantia de Preços para a Agricultura Familiar (PGPAF). A informação foi dada, hoje, 12, pela Secretaria de Política Agrícola do Ministério da Agricultura.

Para ter acesso ao bônus, basta que o agricultor faça o pagamento da parcela até o vencimento. Ou seja, que estejam adimplentes. No comunicado, tanto a Secretaria de Política Agrícola como a Conab (Companhia Nacional de Abastecimento) informam que terão direito, também, os produtores de maracujá de Sergipe.

Em 2019, a produção de abacaxi em Sergipe, segundo a Emdagro, foi de 25,7 toneladas (dados consolidados até outubro de 2019).

Outros beneficiados

Além do abacaxi em Sergipe, também serão beneficiados os produtores de castanha do caju comercializada em Alagoas. Para se ter uma ideia, o preço estabelecido pelo governo para a castanha está em R$ 3,98 pelo quilo do produto, a média do mercado está em R$ 3,63, a melhor cotação dentre os demais estados listados. Estão na relação de recebimento de bônus também Pernambuco (39,70%), Maranhão (32,91%, Bahia (25,88%), Paraíba (24,62%), Piauí (17,59%) e Ceará (16,58%).

Outros beneficiados serão os produtores de manga (GO), mamona em baga (CE) e raiz de mandioca (RO), banana (AL, CE, PB, PE e RR), borracha natural (BA), manga (BA, RJ, SP) e maracujá (CE). Todos podem podem solicitar o bônus do programa.

Leia Também

Celse não foi vendida e não haverá mudança no projeto da Termelétrica Porto de Sergipe I

A Centrais Elétricas de Sergipe (Celse) divulgou uma nota esclarecendo que “a companhia não foi …