sexta-feira, 22/03/2019
Início » Editorias » Segurança Pública » Cantor denuncia que coronel da PM foi agredido no Presmil
Duplichaves
O tenente-coronel Eliezer Santana levou vários pontos no rosto Foto: redes sociais

Cantor denuncia que coronel da PM foi agredido no Presmil

Publicado em 2 de março de 2019, 11:00

O cantor George Sants denunciou hoje, 2, na sua página no Instagram, que  o  tenente-coronel da Polícia Militar de Sergipe, Eliezer da Silva Santana, interno do Presídio Militar (Presmil) foi agredido por internos durante um jogo de futebol no pátio interno da prisão, na sexta-feira.  O SÓ SERGIPE  confirmou, com policiais militares, de que o coronel Eliezer, realmente, recebeu um murro de outro interno e caiu. “Houve uma discussão porque ele, como preso, queria impor a patente dele aos outros. E um veio colocou ele em nocaute”, disse um policial que pediu para não ser identificado. A primeira informação que surgiu, no entanto, é que o militar caiu e sofreu ferimentos no rosto.

Postagem do cantor George Sants denunciando suposta agressão sofrida pelo militar

Leia o que o cantor escreveu em sua página: “eu não abro espaço pra notícias como essas no meu perfil porque sou cantor e não repórter! Mas a informação a que tive conhecimento me estarreceu: o Tenente Coronel Eliezer Santana foi agredido durante uma partida de futebol por outro interno do PRESMIL. Mas não é só isso, foi divulgada uma informação falsa de que o Coronel sofreu uma queda, quando o que houve foi uma agressão por parte de outro preso, testemunhas atestam. Por que relatar uma informação falsa à imprensa? Por que não liberam as câmeras? Por que homicidas são colocados com internos respondendo a crimes administrativos? Queremos respostas!!”.

A essa informação prestada pelo cantor, que postou uma foto do tenente-coronel com o rosto ferido, há uma série de outras postagens de pessoas lamentando o fato.

O site Mira Geral informou na sexta-feira, que chegou a sua redação que tenente-coronel Eliezer jogava bola no pátio interno do Presmil, “escorregou e bateu o rosto no chão”. Mas que depois foi encaminhado para o Huse e recebeu diversos pontos, foi liberado e levado de volta ao Presmil.

A assessoria de imprensa da Polícia Militar, procurada pelo SÓ SERGIPE, disse que não tem nenhuma informação a respeito do tenente-coronel Eliezer, a não ser o fato de que ele está preso no Presmil.

Matéria atualizada às 11h21 para acrescentar a informação de que o tenente coronel Eliezer recebeu um murro.

Leia Também

Setransp registra o menor índice de assaltos: 85,95%

O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Aracaju (Setransp) registra o menor índice …