sexta-feira, 15/11/2019
Início » Editorias » Turismo » Procura por Aracaju, durante as festas juninas, teve aumento de 30% segundo pesquisa
Rádio FecomercioPowered by Rock Convert
As festas juninas atraíram turistas para Sergipe Foto: Pritty Reis/Ascom Secult

Procura por Aracaju, durante as festas juninas, teve aumento de 30% segundo pesquisa

Compartilhe:
JOB Connect - Coworking e Escritório VirtualPowered by Rock Convert

Um estudo feito pelo Expedia Group mostrou que, em junho passado, Aracaju teve uma taxa de mais de 30% de crescimento da demanda turística, com uma antecedência média de 25 dias na procura por parte dos turistas. Já o tempo médio de permanência na capital sergipana foi de três dias. Essa é a primeira vez que o Expedia Group avaliou a demanda de viagens para o Nordeste no período dos festejos juninos. E constatou que a demanda por viagens à região nas plataformas do grupo cresceu mais de 30% em junho de 2019, em comparação com o mesmo mês do ano passado.

O Expedia Group, que recebe em suas plataformas mais de 750 milhões de visitas mensais para programar viagens a cerca de 1,1 milhão de propriedades cadastradas. Os viajantes domésticos representaram 83% da demanda total, enquanto os que vieram de fora do país foram responsáveis por 17% da demanda – 3 pontos percentuais a mais do que o observado em junho de 2018. Os Estados Unidos foram o principal mercado de origem estrangeira, e as viagens do país para o Nordeste cresceram quase 55% durante o mês.

Em Pernambuco, a demanda por viagens cresceu quase 55% em junho. Considerando apenas a capital Recife, para onde muitos viajantes vão antes de se dirigir a destinos próximos, a alta foi de quase 30% na mesma comparação. Já em São Luís, onde o Bumba Meu Boi produz algumas das imagens mais incríveis do calendário festivo brasileiro, o crescimento na demanda em junho foi de 20%. Salvador teve desempenho mais modesto: alta de quase 10%.

Os Estados da Paraíba e do Rio Grande do Norte, que concentram em seu interior importantes celebrações, tiveram juntos o maior crescimento da região Nordeste: quase 180%, com a demanda por viagens chegando perto de triplicar.

Os números do Expedia Group mostram ainda que mesmo cidades que não são as mais tradicionais para as festas juninas também tiveram bom desempenho no período. Fortaleza teve crescimento de 30% na demanda por viagens, e Natal, de mais de 45%.

Considerando toda a região, os hotéis 3 estrelas foram a categoria mais procurada no mês de junho, representando 66% da demanda. Os de 4 estrelas vieram em seguida, com 19%. Destacou-se também a procura por viagens via smartphones: 38% do total da demanda veio por meio desses aparelhos, mostrando uma conexão cada vez maior entre a tradição das festas juninas e a tecnologia.

“As festas juninas são um ótimo exemplo de como mercados turísticos considerados secundários mostram sua força em períodos específicos. O desempenho em junho do Nordeste é um sinal de que hoteleiros desses mercados precisam estar preparados para usar a tecnologia a seu favor nessas ocasiões, maximizando os ganhos possíveis com esse fluxo de viajantes. Mais do que nunca, ela permite à hotelaria independente, que é a grande força desses mercados, competir de igual para igual com as grandes redes”, aponta Marcos Swarowski, Diretor Sênior de Gestão de Mercado para o América do Sul do Expedia Group.

Compartilhe:

Leia Também

Hackatur premia projetos inovadores para o turismo em Sergipe

Powered by Rock Convert Após 48 horas ininterruptas de intensa produção, a 1ª edição do …

WhatsApp chat