domingo, 17/01/2021
A área em Sergipe que será explorada pela Petrobras

Petrobras anuncia investimento de US$ 2 bilhões em Sergipe

A exploração das reservas de petróleo e gás em águas profundas do litoral sergipano é um dos projetos confirmados pela Petrobras em seu Plano Estratégico no período 2021-2025, com montante de investimento estimado em US$ 2 bilhões, conforme aprovado pelo Conselho de Administração da Companhia na última quarta-feira (25). O anúncio foi feito, ontem, 1º de dezembro, durante o Petrobras Day, evento realizado pela estatal para apresentação de seu portfólio de investimentos a acionistas, autoridades e técnicos da área.

De acordo com o presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, a estatal vem adotando uma postura de cautela frente ao atual momento de restrições econômicas, que requer direcionamentos estratégicos. “É um momento de capital escasso, e para ter acesso a ele, tem que haver uma competição forte entre projetos. Só aprovamos projetos de acordo com seus méritos em termos de retorno e risco. Somente aqueles que geram valor, ou seja, apresentam retorno maior que o custo do capital, merecem aprovação. “Privilegiamos valor sobre volume, pois nosso objetivo não é maximizar o volume”, afirmou.

O Petrobras Day ocorreu ontem

O diretor executivo de Exploração e Produção da estatal, Carlos Alberto Pereira de Oliveira, detalhou as projeções de investimentos para o período e destacou a presença das áreas sergipanas no portfólio. “A nossa tendência é a redução da atuação em águas rasas e terra, e foco em águas profundas, com portfólio de investimentos majoritariamente concentrado no pré-sal. Nesse sentido, previmos investimentos relevantes em novas frentes fora das bacias do Sudeste. Daremos seguimento ao projeto Sergipe Águas Profundas e pretendemos investir cerca de US$ 2 bilhões”, pontuou.

Governo

A manutenção do projeto Sergipe Águas Profundas contou com a ação efetiva do Governo de Sergipe, que manteve tratativas permanentes com a Petrobras, no intuito de reverter a decisão divulgada em setembro, sobre a possível retirada das áreas sergipanas de sua pauta de investimentos. Naquele momento a Petrobras precisou rever seu planejamento diante do cenário desafiador trazido pela pandemia, com a queda do petróleo e redução do consumo de seus derivados.

Além de abrir diálogo com a empresa, o Governo manteve contato com o Ministério de Minas e Energia (MME) e com a Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) a fim de manter os investimentos programadas no litoral do Estado. Além disso, o Governador Belivaldo Chagas, solicitou audiência ao presidente da república, Jair Bolsonaro, quando fez exposição da importância do projeto para Sergipe e também para a consolidação do Programa Novo Mercado do Gás.

Para Belivaldo Chagas, a confirmação dos investimentos da Petrobras em Sergipe representam a ampliação de possibilidades econômicas e sociais para o Estado e é fruto do esforço do Governo ao longo dos últimos dois anos.

Belivaldo Chagas: “ampliação de possibilidades econômicas” Foto: Mario Souza

“Desde a confirmação da existência dos reservatórios de óleo e gás em águas ultraprofundas no litoral sergipano, o Governo de Sergipe, em conjunto com os demais agentes do setor, vem criando de forma coordenada um ambiente favorável ao seu desenvolvimento, adotando uma política de alinhamento com as diretrizes do Novo Mercado do Gás e tomando medidas nas áreas regulatória e legislativa de forma a possibilitar a atração de investimentos deste setor. Estivemos no início do mês com o presidente Jair Bolsonaro para reforçar, junto ao Governo Federal, a importância da inserção de Sergipe neste Plano Estratégico e recebemos com muita alegria esta notícia positiva hoje”, comemorou.

“Esta notícia nos anima e estimula a seguir com as políticas traçadas. Vamos seguir na discussão de um Plano Tributário para Sergipe no Setor de Óleo e Gás e trabalhar na viabilização

da implantação do Complexo Industrial e Portuário como forma de oferecer segurança jurídica e atrair investimentos para Sergipe”, finalizou.

Leia Também

Sergipe sedia um dos 20 campos de petróleo e gás mais promissores do mundo, aponta relatório

A exploração de alto impacto de petróleo e gás no território sergipano, através das ações …