quarta-feira, 09/06/2021
Coronel Carlos Augusto morre aos 54 anos

Morre de Covid-19 o coronel da Polícia Militar Carlos Augusto

O coronel da Polícia Militar de Sergipe, Carlos Augusto Lima Bispo, 54 anos, morreu hoje à noite, devido a complicações da Covid-19. Há 30 dias ele estava internado no Hospital São Lucas tratando da doença. Ele é o segundo oficial superior da PM sergipana que morre de Covid em 24 dias. No dia 16 de abril, morreu o diretor de ensino da instituição, coronel William Nascimento Vasconcelos,51 anos.

A situação de saúde do coronel Carlos Augusto, que já estava na reserva remunerada, se complicou neste final de semana, tanto que a família foi chamada pelos médicos que atualizaram as informações. Natural de Frei Paulo, Carlos Augusto era pastor evangélico, assim como o coronel William.

Quando Marcelo Déda foi governador de Sergipe, coronel Carlos Augusto foi o chefe do gabinete de segurança militar. Ele também tentou  carreira política em 2020, candidatando-se a vereador pelo Republicanos, mas não conseguiu se eleger.

Ele ainda foi diretor administrativo da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) na época em que Marcelo Déda era prefeito de Aracaju.

Nota de pesar

A PM divulgou uma nota de pesar pela morte do coronel Carlos Augusto, que ingressou na corporação em 1989, “tendo cumprido 31 anos de bons serviços prestados à segurança pública do nosso estado”.

A nota diz que “em sua brilhante trajetória na corporação, o oficial exerceu diversas funções, com destaque para suas passagens como diretor geral do Hospital da Polícia Militar, e, principalmente, como um dos grandes propulsores da Polícia Comunitária no estado de Sergipe”.

“Nesse momento de dor e tristeza a PMSE presta solidariedade, bem como, pede a Deus que dê conforto à família e amigos para que possam enfrentar com serenidade essa imensurável perda”, diz a nota.

Leia Também

Permacultura e Empreendedorismo

A permacultura não é uma filosofia limitada ao contexto rural. Não é só na vida …