quinta-feira, 13/08/2020
O celular estava escondido no gesso Fotos: SSP/SE

Irmãos são presos fraudando prova do concurso da PM

Compartilhe:

Duas pessoas foram presas neste domingo, 1º de julho, tentando fraudar as provas do concurso da Polícia Militar. Os pernambucanos Hygor Ayslan Oliveira Lima, 28, e Aylton Hytalo Oliveira de Lima, 26, estavam com telefones celulares escondidos e que eram usados no momento da prova. Os dois foram encaminhados para o Complexo de Operações Policiais Especiais (Cope).

O material foi apreendido

Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), após a prova Hygor foi flagrado por agentes da Polícia Civil com um telefone celular escondido dentro de um gesso no braço esquerdo numa suposta fratura. Os irmãos, que faziam as provas numa universidade particular, receberiam os toques pelo modo vibratório, o que indicaria que a resposta estava correta. Ambos confessaram que pagariam até R$ 20 mil pela aprovação.

Essa não é a primeira vez que os irmãos cometem esse tipo de crime. Tanto no Piauí como no Ceará, eles foram presos tentando fraudar concursos da Polícia Militar daqueles estados.

Mais de 80 mil  pessoas se inscreveram. No turno da manhã foram aplicadas as provas para soldado. Já as provas para oficiais  ocorreram a tarde.

O concurso público tem como objetivo preencher 330 vagas nos cargos de soldado PM 3ª Classe Combatente (300) e oficial (30).

Compartilhe:

Leia Também

Campanha humanitária da Energisa com Unesco tem inscrições abertas até domingo

Terminam no próximo domingo, 16,  as inscrições para a seleção de organizações da sociedade civil …

Deixe uma resposta