segunda-feira, 11/11/2019
Início » Editorias » Cidades » Frente Unificada de Sergipe já recolheu mais de 1 tonelada de óleo do litoral
Rádio FecomercioPowered by Rock Convert
As praias continuam poluídas, mas a quantidade de óleo diminuiu

Frente Unificada de Sergipe já recolheu mais de 1 tonelada de óleo do litoral

Compartilhe:
JOB Connect - Coworking e Escritório VirtualPowered by Rock Convert

De setembro até agora, os órgãos públicos que integram a Frente Unificada de Sergipe, criada a partir do surgimento de óleo cru no litoral sergipano, já recolheram 1.210 toneladas de resíduos (óleo e areia) nas áreas afetadas. O comunicado foi divulgado hoje pela Frente, ao garantir que o trabalho de monitoramento e limpeza  continua sendo realizado em praias, rios e manguezais  e com uma boa notícia: a quantidade de óleo diminuiu consideravelmente no Estado.

Hoje pela manhã, segundo a Frente Unificada, uma aeronave do Ibama realizou um sobrevoo no litoral sergipano com técnicos do Ibama, ICMBio e Marinha para monitoramento dessas áreas. O foco foi a região da foz do Rio São Francisco.

Já uma equipe da Universidade Federal de Sergipe (UFS), Secretaria do Estado da Agricultura (Seagri), com o apoio da Marinha do Brasil, iniciou a coleta de amostras de água e sedimento em dois municípios sergipanos: na praia do Viral, em Aracaju e no Rio Vaza Barris, nas proximidades da ponte Joel Silveira, limite com o município de Itaporanga D’Ajuda, onde está sendo feita a coleta também na Ilha Men de Sá.

O trabalho de coleta de material para análise se estenderá também para a fauna. As análises químicas vão servir para mensurar quanto o óleo contribuiu para o aumento das substâncias químicas no meio ambiente. As coletas seguirão até o dia 8 de novembro.

A equipe de limpeza do Prevfogo continua concentrando esforços na Reserva Biológica Santa Isabel, no município de Pirambu, por causa do período de desova das tartarugas, sob a coordenação do ICMbio. O peixe boi Astro continua sendo monitorado pelas equipes da Fundação Mamíferos Aquáticos.

Orientações gerais:

  1. Os voluntários não devem descartar o óleo recolhido em lixo comum. O local indicado para o descarte é o Ecoponto da Petrobras, no final da Passarela do Caranguejo, no bairro Atalaia, Zona Sul de Aracaju. Posteriormente os resíduos serão encaminhados para armazenamento temporário no Pólo de Gerenciamento de Resíduos Perigosos da Petrobras, em Carmópolis, onde aguardam a destinação final ambientalmente correta;
  2. Se houver contato com a substância e aparecendo reações adversas, procurar atendimento médico;
  3. Usar Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), como luvas impermeáveis (preferencialmente PVC), calçados fechados, máscaras e protetor solar;
  4. Não reutilizar o material coletado;
  5. Na retirada do material dos locais atingidos, realizar raspagem superficial e a remoção de areia oleada. Após a remoção, o material é guardado em big-bags, bolsas impermeáveis, apropriadas para esse tipo de resíduo e as bolsas deverão ser encaminhadas para locais adequados, citados acima.

A Frente Unificada de Sergipe é formada por representantes da Marinha do Brasil, Ibama, Adema, Defesa Civil Nacional e Estadual, ICMBio, Superintendência do Patrimônio da União-SPU, Fundação Mamíferos Aquáticos, Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Aracaju – Sema, Universidade Federal de Sergipe e Prefeitura Municipal da Barra dos Coqueiros.

Compartilhe:

Leia Também

Caranguejo supostamente sujo de óleo vira caso de polícia em Aracaju

Powered by Rock Convert A foto de um caranguejo, supostamente sujo de óleo e que …

WhatsApp chat