domingo, 22/09/2019
Início » Editorias » Negócios » Confiança do empresário industrial continua subindo, diz pesquisa da FIES
Rádio FecomercioPowered by Rock Convert

Confiança do empresário industrial continua subindo, diz pesquisa da FIES

Compartilhe:

A confiança do empresário industrial continua aumentando. É o que revela o resultado do Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) do mês de agosto, da Sondagem Industrial, divulgada pela Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (FIES). Houve um avanço um  significativo de 5,3 pontos, fechando 61,8 pontos no comparativo com o mês anterior. O índice volta ao patamar acima do registrado em março deste ano, mas ainda fica abaixo dos mais de 64,0 pontos registrados em fevereiro de 2019.

Portanto a confiança permanece alta. Comparando o indicador com agosto de 2018, os empresários mostraram-se ainda mais otimistas, já que o ICEI ficou 6,5 pontos acima do registrado no mesmo período do ano anterior e o índice se encontra 10,7 pontos acima da sua média histórica.

O aumento do ICEI em agosto ocorreu, tanto devido ao aumento do otimismo em relação aos próximos seis meses, quanto a uma percepção de melhora nas condições correntes dos negócios por parte dos empresários. O índice de Condições atuais da indústria avançou 7,1 pontos e alcançou 51,6 pontos no mês. É a quarta variação mensal positiva que ocorre no indicador em 2019 e que há quatro meses registrava valores abaixo da margem dos 50 pontos. A pior avaliação feita pelos empresários foi para o item Condições do Estado (44,4 pontos) que, apesar do aumento de 3,7 pontos, permanece abaixo da margem dos 50 pontos.

Já os itens de Condições da Empresa e Condições da Economia tiveram avanços expressivos de 7,5 pontos e 6,3 pontos, respectivamente. O Índice de Expectativas manteve-se na trajetória de alta. O índice registrou aumento de 5,5 pontos em relação ao mês anterior, alcançando 66,9 pontos, demonstrando otimismo por parte do empresariado sergipano em relação aos próximos seis meses.
Em agosto, as expectativas relacionadas à Economia Brasileira cresceram 6,0 pontos, fechando 64,7 pontos. O índice relativo ao Estado foi para 58,9 pontos após acréscimo de 1,8 ponto. Já em relação à empresa, a expectativa do empresário demonstra melhoras com o avanço de 5,5 pontos, após dois meses em queda, resultando em 67,9 pontos.

Comparação

Ao confrontar os resultados do estado com a região Nordeste e com o Brasil, percebe-se que o ICEI registrado em Sergipe (61,8 pontos) foi maior 2,2 pontos quando comparado ao do Nordeste (59,6 pontos) e 2,4 pontos maior quando comparado ao do Brasil (59,4 pontos).  O Indicador de Condições Atuais também ficou acima da linha divisória dos 50 pontos em todos os agregados e o do Nordeste, com 50,5 pontos, foi o de menor pontuação, no entanto, em comparação a julho, houve acréscimo de 3,6 pontos.

Ambos os componentes desse índice (Economia e Empresa) ficaram acima da margem dos 50,0 pontos em todos os agregados, exceto o item de Condições da Economia que ficou abaixo da margem para o Nordeste. O item que se destacou foi o de Condições da Empresa por apresentar melhora nos resultados em todos os agregados, com destaque para Sergipe que registrou 51,9 pontos.

Em relação ao Indicador de Expectativas a avaliação geográfica mostrou resultados acima dos 60 pontos em todas as regiões (Sergipe com 66,9 pontos, Nordeste com 64,2 pontos e Brasil com 63,6 pontos). Os componentes desse indicador (expectativas da economia brasileira e expectativas da empresa) também apresentaram em todos os agregados valores acima dos 60 pontos, com destaque mais uma vez para Sergipe ao ser avaliado com 67,9 pontos no item Expectativas da Empresa.

JOB Connect - Coworking e Escritório VirtualPowered by Rock Convert
Compartilhe:

Leia Também

O Aracaju Parque Shopping agora é uma realidade

“O Aracaju Parque Shopping agora é uma realidade”. É o que diz, com orgulho, o …

WhatsApp chat