domingo, 20/10/2019
Início » Editorias » Política » “Meu foco é recuperar Sergipe”, diz Valadares Filho
Rádio FecomercioPowered by Rock Convert
Valadares Filho: "farei tudo que for necessário para o enxugamento da máquina."

“Meu foco é recuperar Sergipe”, diz Valadares Filho

Compartilhe:

“Eu tenho como foco recuperar o estado de Sergipe que foi atrasado em todas as áreas”.  A garantia é do candidato a governador de Sergipe, Valadares Filho, PSB, da chapa “Um novo governo para nossa gente” (PSB/ PDT/PPL/PTB/PROS/PRP), que promete um choque de gestão, caso saia vencedor nas eleições de outubro. Aparecendo bem na última pesquisa do Ibope, que lhe coloca em primeiro lugar, com 23% da preferência dos  entrevistados, Valadares diz que prefere as pesquisas de consumo interno  que, na sua visão, correspondem a realidade.

Aparecer em primeiro na pesquisa, não é, segundo ele, por causa de uma estratégia de campanha, mas em virtude “da sinceridade. Eu tenho feito uma política muito limpa e transparente ao lado de pessoas reconhecidas, com serviços prestados e que têm responsabilidade com o futuro de Sergipe”.

Tendo como principal cabo eleitoral, o pai, senador Antônio Carlos Valadares, o candidato ao governo, Valadares Filho, diz que não se incomoda com as  críticas da oposição, quando diz que  a política é de pai para filho, o que cria uma espécie de perpetuação de uma família no poder. E atribui as críticas ao fato das duas candidaturas estarem crescendo.

“Nós estamos na política porque o povo nos conduziu aos mandatos e trabalhamos muito em respeito ao povo de Sergipe. É evidente que a força dos Valadares tem assustado os adversários”, ressaltou.

Nas entrevistas com os candidatos a governador de Sergipe, é sempre solicitado às assessorias de imprensa deles que gravem um vídeo respondendo a seguinte pergunta: por que o senhor quer ser governador de Sergipe? Infelizmente, a assessoria de Valadares não providenciou o vídeo em tempo hábil, apesar de o pedido ter sido feito com uma semana de antecedência.

SÓ SERGIPE – Em 2016, o senhor foi candidato a prefeito de Aracaju, ficou na segunda colocação com 134.435 votos, e agora volta para disputar o cargo de governador. O que o levou a tomar essa decisão?

VALADARES FILHO – Assim como na disputa para a Prefeitura de Aracaju, sou candidato ao governo do estado por conta do abandono do poder público com a nossa gente.

SS- Tentar se reeleger como deputado federal não seria mais fácil?

VF – Seria sim. Mas eu não estou na política atrás do fácil. Eu faço política por missão porque acredito que podemos melhorar realmente a vida das pessoas. Então nesse caso eu não pensei no fácil ou difícil, eu pensei exclusivamente no povo de Sergipe.

SS – Os seus adversários comentam que, tanto a sua candidatura para prefeito, e agora para governador, atende a um desejo de seu pai, o senador Valadares, para que a família continue no poder. Como o senhor vê essas críticas?

VF – Eles falam tanto que acabei me acostumando. Nós estamos na política porque o povo nos conduziu aos mandatos e trabalhamos muito em respeito ao povo de Sergipe. É evidente que a força dos Valadares tem assustado os adversários. Nossas candidaturas representam os anseios da sociedade.

SS-  Bom, mesmo com essas críticas, a mais recente pesquisa do Ibope o colocou em primeiro lugar. Qual está sendo a estratégia para manter, digamos, a “pole position”?

VF – Não é questão de estratégia, e sim, de sinceridade. Eu tenho feito uma política muito limpa e transparente ao lado de pessoas reconhecidas, com serviços prestados e que têm responsabilidade com o futuro de Sergipe.

SS – O senhor consegue explicar esse resultado da pesquisa?

VF – Não gosto de comentar pesquisa publicada, mesmo estando na frente. Prefiro as de consumo interno, que apontam o mesmo quadro.

SS – Com quem o senhor quer disputar no segundo turno? Belivaldo Chagas ou Eduardo Amorim?

VF – Não tenho preferência. Acredito que posso vencer ainda no primeiro turno.

SS – Num segundo turno, o senhor buscará o apoio dos partidos pequenos, cujos candidatos estão com apenas 1%?

VF – No caso de um segundo turno irei buscar o apoio dos eleitores que optaram por outros projetos no primeiro turno. Quem me conhece sabe que sou uma pessoa de fácil acesso e acredito muito no diálogo. Estarei sim aberto a ouvir todos os candidatos também.

SS – Qual o seu projeto de governo? O que o senhor acha que precisa mudar em Sergipe?

VF – Eu tenho como foco recuperar o estado de Sergipe que foi atrasado em todas as áreas. Aparecem como prioridade pela população sergipana temas como saúde, segurança pública e geração de emprego e renda. Trabalharei estes temas como prioridade número um, sem esquecer dos demais.

SS – O senhor fará um choque de gestão?  Quais são seus planos?

VF – Não tenha dúvida disso. Iremos reduzir o número de secretarias, reduzir a quantidade de cargos comissionados, além de revisar os contratos com terceirizadas e fornecedores. Enfim, farei tudo que for necessário para o enxugamento da máquina.

SS – Quais são os principais problemas do Estado, hoje, e que precisam de uma solução imediata?

VF – Como respondi na pergunta anterior, são a saúde, segurança pública e geração de emprego e renda. Estes são os principais anseios do povo sergipano. O estado está atrasado em todas as áreas e somente uma gestão moderna e eficiente conseguirá resolver todos os problemas.

Compartilhe:

Leia Também

Parlamentares de Sergipe protocolam CPI para investigar companhias aéreas

Os deputados federais sergipanos Fábio Reis (MDB), Fábio Mitidieri (PSD) e Fábio Henrique (PDT) protocolaram …

WhatsApp chat