sábado, 14/05/2022
Cada vez mais as pessoas estão buscando espaço no mercado digital Imagem: Uihere

Como trabalhar com marketing digital partindo do zero (parte #1)

Compartilhe:
Cleomir Santos (*)

Confira nesta nova série de artigos o que você precisa saber para começar a trabalhar com marketing digital, mesmo sem entender nada sobre o assunto.

Sem dúvidas, a economia está mudando, e cada vez mais as pessoas estão buscando espaço no mercado digital, até mesmo algumas querem entender como trabalhar com marketing digital oartindo do zero.

Através de uma boa qualificação nessa área, você pode descobrir diversos papéis que poderá assumir, como por exemplo um produtor digital, um criador de conteúdo, desenvolvedor de sites; trabalhar com anúncios e muito mais.

Mas, antes de mais nada, quero falar mais sobre mim a você leitor. No momento atuo como consultor de marketing digital e responsável pela marca Me Ajuda Cleo. Isso mesmo, sou o fundador desse portal, e também comecei a trabalhar com marketing digital do zero, assim como você.

Além de atuar no ramo, hoje também faço parte da equipe de colunistas deste portal – o Só Sergipe.

Bom, mas como o texto não se trata do que eu faço ou só falar das minhas virtudes, acompanhe nas próximas linhas, um pouco da minha jornada aqui na internet, e todo processo que me fez hoje estar trabalhando nesse segmento.

Se você realmente procura um relato de alguém que se deu bem na área, e que aprendeu a trabalhar com marketing digital do zero, leia o texto até o final, feito por mim.

Ah, acabei esquecendo de citar sobre um outro projeto que faço parte, mas te explico melhor sobre ele no final desta série. Você vai adorar!

 

Tudo começa por uma pesquisa do tipo: ‘Como trabalhar com marketing digital’

Bem, por mais repetitivo que seja, com certeza você também fez isso, não fez?

Seja no buscador do Google ou na aba de pesquisas do YouTube, não importa o caminho. A verdade é que todo mundo começa com essa ação, e vou além.

Uma grande parte das pessoas que navegam na internet procurando formas de trabalhar com marketing digital, passam o dia todo assistindo a vídeos de alguns especialistas que apenas começaram um pouco antes que você, e se aproveitam da sua falta de informação.

Talvez isso não tenha acontecido com você, mas no meu caso eu estudava alguns perfis aleatórios e um deles me chamou atenção. Sabe quando aquele vídeo te pega com um título mais ou menos assim: ‘Aprenda a vender como afiliado e fature de R$1 mil a R$ 3 mil reais por mês’, ou ‘Trabalhe em casa pela internet como afiliado e ganhe mais de R$1 mil reais por semana’?

Bom, o resultado vocês já sabem. 😒

Eu cliquei, assisti e vi que na “prática” era tudo de bom, bastava se cadastrar na Hotmart (ou em outra plataforma) encontrar um produto que estava em alta (no meu caso, o guru indicava um E-book de ‘Receitas de papinhas’) e saí compartilhando um texto pronto em grupos do Facebook que os membros eram papais e mamães.

Pense na mer#@ que foi fazer isso quase o dia todo!

E sem contar que o engraçado é que eu via outras pessoas fazendo a mesma coisa 🤣

Isso me derrubou, mas acredite, eu continuei nadando nessa maré. Foi aí que resolvi escolher outros produtos seguindo a mesma estratégia do guru.

O resultado foi o mesmo, sem contar que fui até cancelado em um grupo, pois estava tentando vender um E-book de ‘Receitas de comida natural para cães’ hahahaha.

Cheguei ao meu limite quando isso aconteceu. Morri de vergonha.

Por hoje é só, continue a acompanhar esta série, nesta coluna [quinzenal], com relatos verdadeiros de quem começou a trabalhar com marketing digital do zero.

Você pode opinar sobre esse tema, ou sugerir quais assuntos que deveríamos abordar aqui na coluna ‘Marketing Descomplicado’.

.

.

(*) Consultor de Marketing Digital e idealizador do Me Ajuda Cleo, natural da cidade de Aracaju – Sergipe, amante da música, de um bom café, daquela reunião com boas companhias e apaixonado por belezas naturais e pela vida.

Últimas do Marketing Descomplicado
Compartilhe:

Leia Também

Encontro fugaz

Eles não se conheciam, nunca tinham se visto, nem se esbarrado pelas esquinas da vida, …

Deixe um comentário