sexta-feira, 22/11/2019
Início » Editorias » Política » PSD e PSB fazem plenária nesta segunda
Powered by Rock Convert
Luciano Pimentel quer mais ação do poder público

PSD e PSB fazem plenária nesta segunda

Compartilhe:

Desde o mês de outubro de 2012, quando acabou de sair das urnas com 37,62% dos votos dos válidos para prefeito de Aracaju – 113.932, ao todo -, que o deputado federal Valadares Filho, PSB, mantém seu projeto de assumir o comando administrativo da capital para trazer renovação nas ideias, nos projetos públicos e na política de um modo geral. Nestes últimos três anos ele estudou mais a cidade e as suas demandas.

Nesta segunda-feira, 11, o projeto de Valadares Filho e do PSB ganha um importante impulso, com a formalização de apoio do PSD – Partido Social Democrático -, o que coloca a pré-candidatura dele como a primeira a entabular uma relação proativa com um outro partido visando outubro.

Esta parceria PSD x PSB, feita a partir de ideais de políticos jovens, é vista nas base do PSB como algo profundamente significativo. Ela foi costurada entre os presidentes das Executivas Estadual do PSD, deputado Jeferson Andrade, e de Aracaju, deputado federal Fábio Mitidieri, 38 anos, e a do PSB, Elber Batalha Filho, e com a participação natural do próprio pré-candidato Valadares Filho.

Ético –  O deputado estadual Luciano Pimentel, PSB, que acompanha com cuidado os passos do partido e é um dos articuladores do projeto de Valadares Filho, vê essa aliança como muito significante. “O apoio do PSD é um importante suporte na caminhada de Valadares Filho rumo à Prefeitura Municipal de Aracaju. Mais ainda pela forma isenta e ética como está sendo feito, sem nenhum tipo de barganha”, diz ele.

“O PSD é um partido de alto valor na geografia política de Sergipe atualmente, pelas figuras públicas que abriga, como o deputado federal Fábio Mitidieri e mais três deputados estaduais, além de contar com 12 prefeitos, 87 vereadores em todo o Estado e de estar organizado em mais de 60 dos 75 municípios. Cremos que isso repercute muito na vida de Aracaju”, diz Luciano Pimentel.

A plenária conjunta envolvendo o PSD e o PSB acontece nesta segunda-feira, 11 de janeiro, na sede da Associação dos Engenheiros Agrônomos de Sergipe – Aease – na Beira Mar, 2.400 – na confluência com a Avenida Sílvio Teixeira, lateral do Parque Sementeira. Apesar de estar sendo convocada pelas duas executivas municipais de Aracaju, porque o assunto é local, as executivas estaduais dos dois partidos já se entenderam e chancelaram o acordo.

“Vejo esta plenária e o que dela vai sair – muita discussão política, projetos e entendimentos visando o futuro e o bem-estar de Aracaju – como o fato mais importante deste começo de ano para a sucessão municipal da capital. O apoio do PSD muito nos enobrece. Nos fortalece, e vem sem nenhuma exigência prévia de ocupação de espaço na chapa. É a força da renovação que se integra espontaneamente, que se soma e se compromete com o futuro da nossa maior cidade sergipana”, diz Luciano Pimentel.

Para Luciano Pimentel, a formalização desta união entre PSD x PSD “não fecha portas” para os demais partidos que quiserem se somar ao processo sucessório a partir do nome de Valadares Filho, sobretudo o PMDB de Jackson Barreto. Neste aspecto, Pimentel e o Fábio Mitidieri estão muito harmonizados.

“Nós estamos apenas sendo os primeiros a formalizar este apoio. Mas entendo que o projeto está aberto para os demais cinco dos sete partidos que compõem a aliança em torno do governador Jackson Barreto. Acho, inclusive, que caberia ao PMDB dele indicar o candidato vice-prefeito, e vejo Zezinho Sobral como um bom nome”, diz Fábio Mitidieri.

Escola – “A maturidade do deputado Valadares Filho, um jovem de 35 anos que exerce o terceiro mandato de deputado federal, com 10 anos de exercício na grande cena nacional, leva a apostar que Aracaju precisa de somação de esforços e de pessoas de ideias propositivas para projetar esta cidade para o futuro”, diz Luiano Pimentel.

Novamente, Luciano Pimentel e Fábio Mitidieri estão em sintonia de pensamento. “Nossa opção manifesta e antecipada por Valadares Filho vem da convicção de que este é o momento de renovação da política de Sergipe. Estamos optando por ele não apenas por ser um jovem. Mas por ser jovem, capacitado e preparado. É um político que tem uma excelente escola de berço. Valadares Filho é um político que tem um pai com 50 anos de vida pública e contra quem nunca ninguém levantou suspeita de cosia errada”, diz Fábio Mitidieri.

Para Luciano Pimentel, o discurso de se trazer os sete partidos da esfera governamental para o projeto de Valadares Filho está em sintonia com os desafios de unir forças em favor de Aracaju e da Grande Aracaju, hoje não mais composta somente por ela, Socorro, Barra e São Cristóvão, e sim por Itaporanga, Laranjeiras, Riachuelo, Santo Amaro, Maruim e Pirambu.

“Nestas cidades vivem cerca de 1,1 milhão de sergipanos. É quase metade de todo a população de Sergipe, composta de 2.242.937, segundo o IBGE de 2015. Nestas 10 cidades, as gestões públicas necessitam de ações conjuntas nos setores de transporte, segurança, saúde, lazer, educação, trabalho e meio ambiente. Aracaju é uma grande caixa de ressonância e pecará quem se propuser a administrá-la de costas para estas demais nove cidades. Ousaria dizer que, pela capilaridade da capital frente ao Estado inteiro, as políticas públicas daqui exigem harmonia com todas as demais 74 cidades”, diz o parlamentar.

Compartilhe:

Leia Também

Lucas Aribé defende jornalistas e repudia Medida Provisória 905

O vereador Lucas Aribé (PSB) defendeu, hoje, a manutenção do registro para o exercício da …

WhatsApp chat