segunda-feira, 20/05/2019
Início » Editorias » Família » Alerta: Desaparecimento de crianças aumentam nas férias
Duplichaves

Alerta: Desaparecimento de crianças aumentam nas férias

Publicado em 27 de dezembro de 2016, 08:35

Férias escolares é um período de muita agitação, parques, praias e shoppings lotados e muita criança passeando por aí…

Com tanta gente na rua, temos que tomar cuidados com os riscos de desaparecimento de crianças e sequestro, que crescem muito nessa época do ano.

Nunca fiquem achando que não vai acontecer com você. Fiquem alerta!!!

Você sabe como proceder caso seu filho seja vítima de sequestro ou desaparecimento? E como evitar que isso aconteça?

Existe uma Lei Federal nº 11.259/2005, que é conhecida como Lei da “busca imediata”, em que a criança deve ser procurada imediatamente assim que realizada a  a ocorrência policial.

Como prevenir o desaparecimento de crianças:

  • Desde de cedo, ensine ao seu filho o nome completo do papai e da mamãe.
  • Ensine seu filho o seu nome completo, endereço e telefone da sua casa.
  • Faça o RG (Registro de Identidade Civil) do seu filho quanto antes.
  • Oriente o seu filho a nunca dar informações a qualquer estranho que se aproxime.
  • Oriente o seu filho a não receber doces, balas e brinquedos de desconhecidos.
  • Oriente seu filho a não pedir carona e nem aceitar convites de desconhecidos para qualquer evento ou programa.
  • Garanta que o seu filho esteja sempre acompanhado de alguém de confiança da família.
  • Procure saber quem são os amigos da criança.
  • Converse sempre com seus filhos, saiba o que eles estão pensando e se existe algum comportamento suspeito de alguém.
  • Conheça as pessoas que convivem com seu filho.  Participe de programações e eventos que envolvam o seu filho, como aniversários e festinhas da escola.
  • Preste atenção no comportamento de famílias cujos pais evitem contato da criança com a vizinhança.
  • Brinque com segurança. Não deixe seu filho brincar na rua ou perto de casa ou dentro do condomínio sem a companhia de um adulto conhecido e de confiança da família.
  • Deixe uma pulseirinha de identificação com o seu filho, como uma medalha no bolso ou pendurada, utilize-a em viagens e passeios.
  • Preste atenção no conteúdo que o seu filho vê na Internet e com que pessoas se relacionam nas redes sociais.
  • Grave telefones úteis e deixe próximo ao telefone como a Polícia 190, Bombeiro 193 e SAMU 192.

“Acidentes são evitáveis e violência previsível”

Como devo proceder em casos de desaparecimento:

  • Comunique imediatamente à polícia o desaparecimento de uma criança ou adolescente, para que as buscas sejam iniciadas o mais rapidamente possível.
  • Fique atento ao comportamento de novos vizinhos em relação ao tratamento dispensado ao menores que com eles convivem, comunicando à Polícia qualquer fato suspeito. O inimigo pode morar ao lado!!
  • Observar, em via pública, o trânsito de menores desacompanhados, comunique o fato à Polícia para que prestem a devida assistência antes que ocorra o seu paradeiro. O ideal é que você possa levar a pessoa até o posto policial mais próximo.
  • Comunicar e registrar o desaparecimento do menor na Divisão de Referência da Pessoa Desaparecida. Deve-se apresentar fotografia e documentação do ausente, caso existente, para início da busca. É necessária a apresentação da cópia da certidão de nascimento. No entanto, a ausência do documento não impede o registro e a busca.
  • Caso ocorra o retorno voluntário do desaparecido ao lar, contatar a Divisão de Referência da Pessoa Desaparecida, comunicando o fato.
  • Denuncie para o Disque 100.

Se você gostou da dica não deixe de curtir aqui embaixo!!!

Beijos…

Veja mais artigos em: www.danitagarela.com.br

 

Leia Também

Dezenas de idosos são vítimas de violência em Aracaju

“A velhice é prêmio para uns e castigo para outros”. Para 71 pessoas que, em …