domingo, 18/04/2021
A turismóloga Ellen Carvalho: solenidade será online

Turismóloga sergipana será homenageada com o Prêmio Competência Profissional Mulher 2021

A turismóloga sergipana e presidente da Associação Brasileira de Turismólogos e Profissionais do Turismo (Abbtur/Sergipe), Ellen Carvalho, receberá o Prêmio Competência Profissional Mulher 2021, promovido pelo Instituto Multidisciplinar, com sede no Recife, pelo trabalho que desenvolve em Sergipe. O evento acontecerá, de 16 a 19 de março, na modalidade online, devido à pandemia da Covid-19, que assola o Brasil e o mundo, com transmissão pelo canal do Youtube, no seguinte endereço: bit.ly/institutomultidisciplinar

Ellen será a única mulher que representará o Turismo Nacional e ainda apadrinhar as próximas edições, escolhendo as mulheres que irão receber o título. Feliz pela homenagem que receberá, Ellen lembra que “são 13 anos de formação e uma busca incansável por mais e mais conhecimentos, para poder aprimorar a realidade de todos os projetos em que se envolve”.

GERALDO GUERRA JR - 01.jpg
Geraldo Guerra: “divisor de águas”

Mestre em Turismo, Ellen é especialista em planejamento do turismo, criação de roteiros, CEO da Carvalho Consultorias de Turismo. Ela é criadora de projetos premiados do BusTour Aracaju, o “Ônibus do forró” e da primeira rota do turismo rural sergipana, Caminhos da Serra de Itabaiana.

Para o idealizador do prêmio e presidente do Instituto Multidisciplinar, Geraldo Guerra Júnior, “o projeto é um divisor de águas na vida das homenageadas, pois é um momento único de reconhecimento do gênero feminino, das suas lutas, vitórias e competências dentro de uma sociedade ainda machista”.

Segundo ele, “a emoção é indescritível, tantas mulheres com tantas histórias de vida e superação, é uma joia preciosa essa premiação, só gratidão e orgulho, na condição de homem, homenagear mulheres que fazem a diferença no estado de Pernambuco, no Brasil e no exterior”.

Capacidade profissional

O Prêmio Competência Profissional Mulher nasceu da vontade e necessidade de reconhecer a capacidade profissional e transformadora das mulheres brasileiras. O projeto aponta para duas direções: o passado com as mulheres que contribuíram para o crescimento e participação da voz feminina e na conquista dos seus direitos e o presente/futuro com as mulheres que foram beneficiadas com as conquistas do passado, mas que ainda precisam manter e conquistar novos espaços mostrando a importância da pluralidade do universo feminino.

“Dessa forma, a cada ano, sempre no mês de março, mês que se comemora o Dia Internacional da Mulher, é realizada a premiação. Os critérios de seleção das homenageadas são bastante rigorosos e só são aceitas indicações vindas daquelas já agraciadas em outras edições, como também, através de uma Comissão Oficial de monitoramento anual. As indicações se dão pela capacidade profissional e pela representatividade das homenageadas como mulheres que inspiram outras mulheres”, explicou Geraldo Guerra.

Leia Também

“Não quero sofrer a primeira derrota fora das quatro linhas”, diz Washington Coração Valente sobre seu empreendimento

Da euforia nos gramados à angústia no balcão da churrascaria. É dessa maneira que o …