quinta-feira, 14/01/2021
O momento atual requer muitas ações na área de marketing digital para o sucesso das empresas Foto: Uihere

Marketing digital: 7 tendências para 2021

Cleomir Santos (*)

Certamente, a pandemia da COVID-19 mudou não só o comportamento das pessoas, mas também a atitude de muitas empresas.

Vimos diversas marcas migrando seus produtos ou serviços para o online, mas não para por aí. Muitos funcionários continuarão a trabalhar remotamente durante grande parte do próximo ano.

Todas essas mudanças foram importantes para avaliarmos e coletarmos informações das próprias pessoas sobre o que está ou não funcionando, a fim de que tenhamos ideias de quais serão as tendências de marketing e o que esperar delas em 2021.

A principal pergunta também pode ser: Quais são as principais tendências de marketing digital para 2021, que sua marca precisa considerar, caso ela precise melhorar o engajamento do público, reter clientes atuais e gerar mais tráfego, leads e receita?

O consultor de marketing Cleomir Santos, identificou 7 coisas nas quais os proprietários de marcas devem investir seu tempo e recursos no próximo ano. Se você que está lendo este artigo não sabe por onde começar, chegou ao lugar certo. Acompanhe a seguir.

1. Mídias sociais para engajar e vender

Toda marca que está presente na internet deve se organizar para investir parte do seu faturamento no marketing de mídias sociais em 2021. Durante a pandemia da COVID-19, os profissionais de marketing estão cada vez mais priorizando a estratégia de retenção de clientes.

O que devemos levar em consideração é que a pandemia aumentou drasticamente o número de pessoas que passam mais tempo online, o que inclui a forma como pesquisam produtos, marcas e organizações.

Essa mudança de comportamento cria novas oportunidades para qualquer marca que deseja aumentar seu alcance, atraindo novos públicos e ter a chance de se conectar com clientes antigos.

Só para ilustrar, um profissional de marketing pode te ajudar a desenvolver um plano de conteúdo, criar postagens regularmente, monitorar e direcionar os clientes a fim de atrair novas oportunidades.

Se a sua marca está adiando o investimento em serviços que envolvem mídias sociais, agora é o momento certo de refletir sobre isso.

2. SEO local

Se você é proprietário de um pequeno negócio, uma das coisas mais importantes que você pode fazer é garantir que sua localização física seja encontrada, verificada e atualizada nas principais plataformas de pesquisa.

Isso porque para empresas B2C que atraem clientes a nível local, a presença no Google Meu Negócio fornece informações valiosas sobre horários, serviços e localização. É um dos fatores chave para que sua empresa seja encontrada nos resultados de pesquisa.

Uma dica para aplicar hoje: certifique-se de ter uma área de serviço definida geograficamente nas listagens locais, pois isso ajudará sua marca a aparecer nas pesquisas como “perto de mim”. Isso porque muitos mecanismos de busca (especialmente o Google) priorizam a relevância em seus algoritmos de pesquisa.

Pode parecer errado limitar o raio de alcance da sua marca, mas, ao fazer isso, você conseguirá ser mais assertivo no seu segmento quando pesquisarem por algo relacionado ao que você oferece. Manter seus dados atualizados também permite que seus clientes saibam quaisquer mudanças nos horários, promoções, blogs ou qualquer outra informação que você gostaria de transmitir.

3. Comunicação sobre a disponibilidade de produtos/serviços

De acordo com uma pesquisa da McKinsey, a disponibilidade de produtos e serviços é o principal motivo que leva um cliente a aumentar sua fidelidade com uma marca. A solução mais óbvia para enfrentar esse desafio, é aumentar os dias de estoque disponível dos produtos ou a disponibilidade de horários para serviços.

Caso isso for algo que se torne um problema para solucionar, é importante que sua marca melhore sua comunicação. Seja claro sobre o que você pode e não pode fazer e além disso, defina expectativas razoáveis.

Para itens de alto volume, considere colocar uma foto em seu site informando quando os produtos estarão em estoque. Se você não está coletando informações dos seus clientes, agora é o momento perfeito para criar uma lista de contatos para mantê-los atualizados sobre mudanças de disponibilidade dos seus produtos/serviços.

4. O poder da pesquisa por voz

Atualmente, a pesquisa por voz não faz parte do algoritmo do Google, no entanto, muitas pessoas estão usando nos resultados de buscas de pesquisas atuais.

As consultas de pesquisa por voz geralmente trazem resultados diferentes das que são feitas por meio de texto. Para o SEO, é uma boa ideia que as marcas estejam alertas com essa forma de pesquisar, pois muitos consumidores estão se adaptando e migrando para esse meio.

De acordo com alguns especialistas, o conteúdo deve ser otimizado especificamente para pesquisa de voz. Ele precisa ser mais direto e comunicativo para que seja sincronizado com mais precisão nos mecanismos de pesquisa. Isso ajudará a impulsionar o tráfego, mantendo-se relevante e mais visível para os consumidores.

5. Retenção de clientes por meio da segmentação

Como é preciso menos dinheiro para manter uma clientela, comparado ao custo de ter novos clientes, os profissionais de marketing sempre recomendam que uma marca se dedique ao pós-venda. Clientes satisfeitos tendem a contar para amigos e outras pessoas sobre sua marca, fazendo com que você aumente a receita sem precisar investir muito alto.

É importante destacar que essas pessoas estão mais propensas a fornecer feedback honesto sobre vários questionamentos, o que fortalecerá ainda mais a presença da sua marca.

Não esqueça de mantê-los informados sobre tudo para não afetar o seu relacionamento com eles, além disso, para que o envolvimento com sua marca nas redes sociais seja sólido.

Dito isso, ao coletar dados e segmentar seus clientes, você tem a oportunidade de economizar custos ao entregar os seus produtos ou serviços, isso fará que você tenha uma estratégia de marketing mais econômica.

6. Mais conteúdo interativo

Adicionar elementos interativos no seu conteúdo nas redes sociais ou site é uma ótima maneira de agregar valor aos visitantes, fazer com que eles se envolvam com sua marca e ainda aprender mais sobre o comportamento deles.

Por exemplo, suponha que você seja um corretor de imóveis e adicione uma calculadora de hipotecas simples, mas eficaz, dentro do seu site.

Agora você está agregando valor aos seus visitantes enquanto também aprende mais sobre eles com base nos dados que os mesmos colocam na calculadora. Essas informações, por sua vez, podem te ajudar a refinar suas personas e o direcionamento de ofertas, promoções etc.

Outros exemplos de interatividade incluem avaliações, questionários, jogos, enquetes, vídeos interativos, pesquisas e concursos.

Os concursos são formas de aumentar exponencialmente seu alcance e visibilidade, rapidamente. Só para ilustrar, assim que lançado no Facebook, por exemplo, e outros clientes compartilharem, ele irá alcançar em poucos minutos uma grande quantidade de pessoas e que podem se tornar novos clientes.

Uma ideia interessante também é utilizar as indicações com seus próprios clientes, fazendo com que eles sejam recompensados por cada indicação,

7. Foco no engajamento do funcionário

Os profissionais da área de Recursos Humanos reconheceram desde o início que a pandemia da COVID-19 impactaria os funcionários e consequentemente a produtividade. Para muitos, esta foi a primeira vez que trabalharam de forma remota e a experiência pode ter sido vivente e libertadora. Por outro lado, essa emoção passou para a maioria.

Não é de se admirar que a moral dos funcionários esteja sofrendo e sua produtividade junto com eles, basta refletirmos e adicionarmos algumas situações como: distrações dos filhos, o estresse de lidar com as notícias do mundo ao seu redor, tarefas diárias, mudanças na rotina dentre outros.

Hoje em dia é fundamental manter os funcionários conectados, pois funcionários motivados se comunicarão melhor entre si e garantirão melhores resultados para o cliente.

Como gerente ou proprietário de uma empresa, é de sua responsabilidade garantir que as equipes de atendimento ao cliente compreendam que, mesmo que você não esteja no escritório, ainda assim todos estão trabalhando para alcançar o mesmo objetivo comum.

Divida os projetos em partes consideráveis e defina objetivos e metas claras. Em seguida, certifique-se de configurar vários canais de comunicação e estar preparado para compartilhar informações e todo processo com a equipe.

Considerações finais

Embora essas tendências não representem uma lista completa de ações que você pode implementar na sua empresa em 2021, este artigo pode ser um ótimo ponto de partida para iniciar seu planejamento de marketing digital.

Concluindo, muitas marcas hoje podem melhorar seu trabalho apenas mudando a maneira de investir em redes sociais e pesquisa local, além disso, adicionando conteúdo personalizado e interativo melhorando o engajamento em suas equipes voltadas para o cliente.

Tudo que foi citado aqui pode te ajudar a aumentar o tráfego do seu site, gerar mais leads e aumentar suas vendas, ao mesmo tempo em que retém sua base de clientes conquistada com muito suor. Eles também são essenciais para ajudá-lo a entender as tendências do marketing digital e como elas impactarão o cenário competitivo.

(*) Consultor de Marketing Digital, natural da cidade de Aracaju (SE), amante da música, de um bom café, aquela reunião com boas companhias, fissurado em viajar e um ótimo comunicador que ajuda pessoas e pequenos empreendedores através de conteúdos no Portal Me Ajuda Cleo.

** Esse texto é de responsabilidade exclusiva do autor.  Não reflete, necessariamente, a opinião do Só Sergipe.

Leia Também

O Boom das Commodities não explica o crescimento da economia brasileira (II)

Na segunda edição do ano da Economia Herética foi abordado o fato de que aquilo …