segunda-feira, 21/10/2019
Início » Editorias » Cidades » Fórum Empresarial tem nova coordenadora
Rádio FecomercioPowered by Rock Convert
A atual coordenadora do Forum Empresarial, Suzana Souza, ladeada pelo ex-coordenador, Alexandre Porto, e o prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira Fotos: Felipe Goettenauer

Fórum Empresarial tem nova coordenadora

Compartilhe:
JOB Connect - Coworking e Escritório VirtualPowered by Rock Convert

O prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, participou nesta quinta-feira, 2, da posse da primeira mulher como coordenadora do Fórum Empresarial de Sergipe, a contadora Suzana Sousa Nascimento, juntamente com toda a nova diretoria da entidade pelos próximos dois anos. A solenidade ocorreu no início da noite no auditório da Associação Comercial e Empresarial de Sergipe (Acese), no centro da capital.

Suzana assume o posto em substituição ao empresário Alexandre Porto, e terá ao seu lado como vice-coordenador Hugo Lima França. O prefeito esteve no evento, acompanhado do secretário municipal da Fazenda, Jeferson Passos, e ressaltou a relevância da entidade, que congrega líderes de diversas classes empresariais e entidades representativas de Sergipe, para o desenvolvimento econômico do estado e da capital, sendo esta um polo econômico.

“O fórum reúne estes setores para discutir, trabalhar e traçar planos do ponto de vista da economia e do desenvolvimento da nossa cidade e do nosso estado, então quando se renova é fundamental porque significa que são novas ideias, novos compromissos, obviamente que dando continuidade aquilo que já vem sendo bem feito. Eu não poderia deixar de vir aqui hoje porque de fato é um setor muito importante e também para mostrar que a Prefeitura quer cada vez mais estreitar os laços com o Fórum e com o setor do comércio de Aracaju e de Sergipe”, afirmou o gestor municipal.

Edvaldo acredita que o poder público precisa ter uma ação mais agregada e parceira com a iniciativa privada e com os empreendedores para enfrentar os desafios da economia. “A crise econômica, os problemas que o país, a cidade e o estado estão vivendo não têm solução se nós não fizermos uma sinergia de interesses convergindo para que a cidade cresça, se desenvolva, gere mais emprego e renda e melhore a qualidade de vida das pessoas. Como prefeito, tive e tenho contato estreito com o Fórum Empresarial, sei do seu compromisso e hoje trago meu abraço, solidariedade e também coloco a nossa gestão à disposição, para que a gente possa trabalhar cada vez mais ao lado dessa importante instituição”, concluiu o prefeito de Aracaju.

A nova coordenadora Suzana Nascimento, em seu discurso, falou da gratidão pela profissão que a conduziu até a atual posição e homenageou outras mulheres que se destacaram na área contábil e empresarial, como a presidente do Conselho Regional de Contabilidade, Ângela Dantas, presente na solenidade.

“A minha profissão foi o motivo real que me trouxe até aqui e me fez assumir hoje mais esse grande desafio. Quero dizer a todas as entidades que integram o Fórum Empresarial que serei fiel a este posto e às determinações a mim indicadas, e juntos promoveremos, discutiremos e elaboraremos propostas para o desenvolvimento social e econômico do nosso estado. Neste momento quero convocar a todos os dirigentes aqui presentes para uma participar integral neste Fórum. Seremos fortes se formos unidos e coesos em função de um objetivo comum a todos, sempre agregando e fazendo tudo com muito cuidado e respeito. Estou muito grata aos que me acreditaram e confiaram em nosso poder de trabalho e capacidade”, afirmou Suzana Nascimento.

Onze ex-coordenadores do Fórum Empresarial estiveram presentes no ato, que contou ainda com a inauguração de uma galeria com fotos de antigos membros. Participaram também outros representantes do setor produtivo, como o presidente da Acese, Marco Aurélio Pinheiro; o empresário Anselmo Oliveira, que foi o primeiro coordenador do Fórum; o novo secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico, José Augusto Pereira, além do vereador Lucas Aribé, entre outras autoridades.

Compartilhe:

Leia Também

Óleo foi derramado entre 600 e 700 km da costa nordestina, diz pesquisa da UFRJ

Powered by Rock Convert O óleo que atinge 77 municípios nordestinos foi despejado na divisa …

WhatsApp chat