terça-feira, 27/10/2020
Mais um saldo negativo para emprego em Sergipe Foto: Arquivo Agência Brasil

Em julho, foram fechadas 804 vagas de emprego em Sergipe

O Estado de Sergipe teve um saldo negativo de 804 vagas de emprego com carteira assinada em julho deste ano. O saldo de julho decorre da diferença entre 4.215 admissões e 5.019 desligamentos no período analisado.  Com o resultado de julho, o Estado acumulou saldo de 15.240 desligamentos de empregos formais, do primeiro ao sétimo mês de 2020.

A análise dos dados apontou que houve abertura de vagas em apenas dois dos sete grupamentos de atividades econômicas do estado. Foram os grupamentos da indústria de transformação e da agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura, os quais registraram abertura de 160 e 35 postos de trabalho, respectivamente, no período.

Por outro lado, registraram fechamento de postos de trabalho as atividades da construção (-33 vagas), comércio e reparação de veículos automotores e motocicletas (-167 vagas), serviços (-398 vagas), administração pública, defesa e seguridade social, educação, saúde humana e serviços sociais (-279 vagas) e outras indústrias (-122 vagas).

Desempenho

Dentre os municípios sergipanos, o município de Laranjeiras registrou a maior criação de vagas de trabalho, no mês analisado, com 111 postos de trabalho criados, seguido de Salgado (+51 vagas) e Nossa Senhora das Dores (+44 vagas).

Na capital sergipana, registrou-se saldo negativo de 449 postos de trabalho. Em seguida figurou São Cristóvão (-267 vagas), Nossa Senhora do Socorro (-207 vagas) e Carmópolis (-141 vagas).

Leia Também

Estácio promove mais uma edição do evento “Mês da Carreira”

Desta terça-feira (27) até o próximo dia 30, a Estácio – uma das maiores e …