quinta-feira, 26/08/2021
O debate da CUT será na segunda-feira

CUT vai debater projeto polêmico da Previdência em Sergipe

Na próxima segunda-feira, dia 28, a partir das 8h, a  Central Única dos Trabalhadores (CUT/SE) apresenta um diagnóstico sobre a questão previdenciária do Estado de Sergipe e  convida todos os sindicatos de servidores públicos estaduais para conhecê-lo, pois a reforma atinge a todos independente de sindicato ou central.

“Neste momento a união e mobilização de todos os servidores públicos é mais importante, pois o ataque do governo Jackson Barreto aos servidores estaduais não escolhe central nem sindicato. Detona todo mundo, não escapa ninguém”, disse o presidente da CUT/SE, Rubens Marques.

Os projetos de lei 10 e 11 que chegaram à Assembleia Legislativa têm como objetivo criar um novo fundo previdenciário a partir da unificação entre o FINANPREV E FUNPREV.  Segundo o dirigente da CUT, “o primeiro criminosamente saqueado e está falido;  o segundo é superavitário”. Para central com a criação desse novo fundo, o governo usará os recursos e em pouco mais de um ano e meio os novo fundo já estará falido.

O que a CUT/SE defende é a capitalização do FINANPREV com regras claras e não projetos de lei que só empurram o problema para adiante e o agrava ainda mais. “Queremos um debate amplo com os servidores públicos”, disse Rubens. No entendimento da central essa é mais uma manobra do governo para se livrar do aporte que faz mensalmente para cobrir o rombo. Vale lembrar que os servidores pagaram a sua parte religiosamente, e quem deixou fazer isso foram os vários governos.

“Por isso é importante que os sindicatos dos servidores públicos compareçam a este debate para não só conhecer a situação previdenciária do Estado, mas para definir ações de luta para barrar mais esse golpe contra os servidores públicos estaduais”, alertou Rubens Marques.

Leia Também

Governadores divulgam nota em defesa do STF

Catorze, dos 27 governadores, divulgaram um manifesto hoje de apoio aos ministros do Supremo Tribunal …