terça-feira, 22/10/2019
Início » Editorias » Negócios » Crediamigo do Banco do Nordeste fez mais de R$ 160 milhões em contratações
Rádio FecomercioPowered by Rock Convert

Crediamigo do Banco do Nordeste fez mais de R$ 160 milhões em contratações

Compartilhe:
JOB Connect - Coworking e Escritório VirtualPowered by Rock Convert

A superintendência do Banco do Nordeste em Sergipe realizou, até agora, mais de 79,5 mil operações de crédito, através do programa Crediamigo, que totalizaram R$ 160,9 milhões.  Esses números representam uma alta de 14,51% em valores, e 12,9% em operações, na comparação com 2018.  Em números globais, o banco acaba de superar a marca de R$ 5 bilhões contratados este ano.

Os recursos do Crediamigo foram distribuídos em 2,3 milhões de empréstimos, destinados aos microempreendedores dos nove Estados nordestinos e norte de Minas Gerais e do Espírito Santo. Os números representam crescimento de 11,55% e 5,11%, respectivamente, em valores aplicados e quantidade de operações, na comparação com o desempenho alcançado no mesmo período do ano passado.

Uma das novidades do programa é a ampliação, para R$ 21 mil, do teto de empréstimo. O Crediamigo também passou a atender clientes com faturamento anual de até R$ 200 mil.

O programa possui mais de 2 milhões de clientes ativos e já atendeu 5,6 milhões de pessoas ao longo dos seus 20 anos de atuação.

Acompanhamento

O Crediamigo facilita o acesso ao crédito a empreendedores pertencentes aos setores informal ou formal da economia (microempresas, enquadradas como microempreendedor individual, empresário individual, autônomo ou sociedade empresarial).

O programa atua na concessão de créditos em grupo solidário ou individual. Associado ao crédito, o Crediamigo oferece aos empreendedores acompanhamento e orientação para melhor aplicação do recurso, a fim de integrá-los de maneira competitiva ao mercado.

 

Compartilhe:

Leia Também

Currículo bem feito faz a diferença na hora de disputar uma vaga de emprego

Powered by Rock Convert O Brasil tem  12,6 milhões de desempregados, segundo o último dado …

WhatsApp chat