quinta-feira, 19/05/2022
Banese participa do Sealba AgroShow Foto: Ascom/Banese

Banese levará produtos e linhas de crédito para o Sealba Agro Show, em Itabaiana

Compartilhe:

Desenvolver ainda mais o agronegócio sergipano e do Nordeste através de um conjunto de ações estratégicas e de projetos de fomento ao setor. Este é um dos objetivos do Banese para o ano de 2022 e, por isso, o Banese será um dos apoiadores da primeira edição do Sealba Agro Show. O evento acontecerá de 10 a 12 de fevereiro, no Parque Cunha Menezes, em Itabaiana, e reunirá produtores dos 171 municípios do cinturão agrícola Sealba (Sergipe, Alagoas e Bahia) para fomentar negócios, promover network e difundir tecnologia para o campo através de palestras, exposições, apresentações técnicas e rodadas de negócios.

A feira é uma realização da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Sergipe (Faese), com correalização do Sebrae/SE. Mais de 100 expositores estão confirmados, entre eles empresas nacionais e transnacionais de implementos, equipamentos e maquinários, insumos, veículos, genéticas e serviços para o campo. A estimativa é de que cerca de três mil pessoas/dia visitem o evento, e sejam gerados cerca de R$ 50 milhões em volume de negócios. O Banese será um dos expositores e estará no local com um time de gerentes especializados para ofertar todos os produtos e linhas de créditos disponibilizados pelo banco para pequenos, médios e grandes agropecuaristas.

Para o gerente do Espaço Banese + Agro, Alan Dias, participar do Sealba Agro Show é motivo de muito orgulho, principalmente por ser um evento que já nasce grandioso, destinado ao sucesso, e que conversa intimamente com as ações planejadas pelo banco para o setor. “O Banese também é agro. O banco divulgou nos últimos meses um conjunto de ações para que Sergipe inicie um novo ciclo de fomento ao agronegócio, e como exemplos temos a liberação de R$ 100 milhões em crédito por meio do Plano Safra; recursos exclusivos para a agricultura familiar através do Pronaf; inauguração do Espaço Banese + Agro; e a parceria com o AgTech Garage, o maior hub de inovação no setor das Américas”, elenca o gerente.

Ele destaca, ainda, que o Banese está em expansão para outros Estados nordestinos, e o Agro Show será uma ótima vitrine para expor toda a expertise do banco no fomento ao agronegócio, e para explicar ao público-alvo como os produtores podem ser beneficiados com o que a instituição disponibiliza.

Parceiro

Ivan Sobral, da Faese: “uma vitória”

Para o presidente da Faese, Ivan Sobral, o Banese tem participação fundamental e efetiva na feira, pois além de estar dando apoio à realização do Agro Show, também fará rodadas negociais e oferecerá ao público visitante todo o portfólio destinado aos produtores rurais. “Estamos felizes por termos o Banese no evento. É um banco de muito sucesso e fundamental para o produtor sergipano, que se sente acolhido pela instituição, principalmente por ela estar se aproximando cada vez mais do nosso setor. O Sealba é a vitrine perfeita para que o banco realize novos negócios dentro de Sergipe”, enfatizou Ivan Sobral.

O superintendente do Sebrae/SE, Paulo do Eirado, aproveitou a oportunidade para reforçar a importância dos agentes financeiros na iniciativa, por serem, segundo ele, fomentadores e pontos de partida para novos negócios e para o crescimento do acesso ao crédito, principalmente para os pequenos produtores.

Paulo do Eirado também ressaltou a importância da união de entidades do terceiro setor, produtores, bancos e governos visando a realização do evento, que será muito importante para a economia da região, sobretudo diante da crise vivenciada nos últimos tempos em virtude da Covid-19. “O Agro Show traz grande esperança e não apenas para o agronegócio, mas para todos os setores da economia ligados direta ou indiretamente a esse evento, como o turismo e o comércio”, frisou.

A programação do Agro Show contará, também, com o encontro dos secretários municipais da agricultura; de debates sobre cases de sucesso; e palestras. Serão discutidos temas como o panorama do mercado de grãos; as perspectivas para o mercado pecuário e manejo racional de pastagens; o uso de drones na agricultura; e o uso de produtos biológicos industrializados para uma produção sustentável.

Últimas notícias:
Compartilhe:

Leia Também

BNB disponibiliza R$14 milhões para financiamento de energia solar de empresas de Sergipe

As micro e pequenas empresas de Sergipe têm cerca de R$ 14 milhões à disposição …

Deixe um comentário