domingo, 15/09/2019
Início » Editorias » Cidades » Acidentes com motocicletas mataram 320 pessoas em 2018 em Sergipe
Rádio FecomercioPowered by Rock Convert
Acidentes com vítimas fatais aumentaram mais de 70% em Sergipe Foto: Agentes de trânsito de Aracaju

Acidentes com motocicletas mataram 320 pessoas em 2018 em Sergipe

Compartilhe:

Nos últimos 10 anos – de 2009 a 2018 – Sergipe teve um aumento de 70,2% no número de indenizações pagas do DPVAT  (Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres) por mortes em acidentes com motocicletas. Enquanto que em 2009 foram pagas 188, em 2018 esse número saltou para 320. Os dados são do boletim especial “Motocicletas e Ciclomotores Dez anos”, produzido pela Seguradora Líder, com o objetivo de dar visibilidade à violência no trânsito.  Em todo o Brasil, cerca de 200 mil pessoas morreram e 2,5 milhões ficaram com algum tipo de invalidez permanente.

O número total de indenizações pagas pelo DPVAT em acidentes com motos e ciclomotores em Sergipe, em 2018, foi de 3.547, que representa um aumento de 178,9% na comparação com 2009, com 1.272 indenizações. Os percentuais também são alarmantes em Sergipe quanto a pessoas que tiveram invalidez permanente nos últimos 10 anos em acidentes. Enquanto que em 2009 foram 984, em 2018 este número subiu para 2.659, um aumento de 170,2%. No item despesas médicas, os dados de Sergipe também são significativos: em 2009 foram apenas 100, mas em 2018 subiu para 568, um aumento de 468,0%.

Mesmo com estes números, Sergipe não aparece entre os 10 estados brasileiros que mais pagaram indenizações por morte, invalidez permanente e despesas médicas. Os Estados de São Paulo, Minas Gerais e Ceará lideram o pagamento por morte e invalidez permanente. No item despesas médicas, os três líderes do ranking são os Estados de São Paulo, Minas Gerais e Santa Catarina.

DPVAT

A pesquisa mostra, também, o número de motocicletas e ciclomotores circulando no país. Em 2009 eram 14.920.067, enquanto que em 2018 passou para 27.100.790, um aumento de 81,6%.  No ano de 2009 em Sergipe, a frota era de 132.334 e passou para  321.090, aumento de 142,6%.

No Nordeste, em 2009 a frota era de 3.247.848, mas em 2018  aumentou para 7.707.873. Em termos percentuais subiu para 137,3%.

 O DPVAT é um seguro obrigatório de caráter social que protege os mais de 209 milhões de brasileiros em casos de acidentes de trânsito, sem apuração da culpa. Ele pode ser destinado a qualquer cidadão acidentado em território nacional, seja motorista, passageiro ou pedestre, e oferece três tipos de coberturas: morte (valor de R$ 13.500), invalidez permanente (de R$ 135 a R$ 13.500) e reembolso de despesas médicas e suplementares (até R$ 2.700). A proteção é assegurada por um período de até 3 anos.

JOB Connect - Coworking e Escritório VirtualPowered by Rock Convert
Compartilhe:

Leia Também

LBV oferece emprego de educador social em Aracaju

O Centro Comunitário de Assistência Social da Legião da Boa Vontade (LBV) em Aracaju está …

WhatsApp chat