domingo, 15/12/2019
Início » Editorias » Negócios » Movimento É de Sergipe defende extinção da taxa de fachada; reunião com Edvaldo Nogueira é hoje
Powered by Rock Convert
Empresários defendem a extinção da taxa de fachada Foto: Felipe Goettenauer

Movimento É de Sergipe defende extinção da taxa de fachada; reunião com Edvaldo Nogueira é hoje

Compartilhe:
JOB Connect - Coworking e Escritório VirtualPowered by Rock Convert

O vice-presidente do Movimento É de Sergipe, Maurício Menezes, defendeu hoje, 27, a suspensão da cobrança da Taxa de Fachada, que é “um fardo muito grande para a classe empresarial”, durante entrevista na Fan FM, no programa comandado pelo radialista Narcizo Machado. Logo mais, às 17 horas, os empresários terão uma reunião com o prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, para discutir o problema que já se transformou numa polêmica na capital.

“Imagine  o empresário que já paga taxa de localização de funcionamento, paga o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) maior que o residencial, contribui com ISS (Imposto Sobre Serviços) e vários outros tributos, e quando você tem mais carga o empregador fica numa situação bastante achatada”, afirmou Maurício Menezes. O Movimento É de Sergipe representa mais de 60 categorias empresariais que, juntos, geram mais de 18 mil empregos diretos e mais de 50 mil indiretos.

Na mesma entrevista, o presidente da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb), Luiz Roberto Dantas, disse “a taxa sempre existiu”, avançou para uma “possível ampliação dos engenhos publicitários e um período de transição ou adaptação”. Ele garantiu que o estudo a ser debatido com o prefeito “ficou muito próximo do solicitado pelos empresários”. Na última sexta-feira, lideranças empresariais estiveram reunidas com Luiz Roberto e apresentaram uma série de sugestões sobre a taxa de fachada.

Alternativas

Ontem, segunda-feira, Edvaldo Nogueira se reuniu com sua bancada
Foto: Ana Lúcia Menezes\Secom PMA

No final da tarde da segunda-feira, Edvaldo Nogueira, esteve reunido com a bancada governista para discutir a Taxa de Fachada.  “Recebi a bancada dos vereadores que me apresentou um relato das discussões envolvendo a Lei da Publicidade. Eles solicitaram mudanças e estamos estudando estas alterações. Já deixamos definida uma nova reunião para apresentar as propostas alternativas com a presença tanto da bancada quanto dos empresários, pois faremos um novo projeto incorporando as sugestões de todos para resolver em definitivo este assunto”, afirmou o prefeito.

“Nesta terça-feira, nós apresentaremos alternativas aos pontos que os empresários consideram prejudiciais para que cheguemos a uma fórmula consensual da proposta e assim eu possa reenviar o mais rápido possível um novo projeto para a Câmara. Vamos buscar o consenso, evitar a politização desnecessária. Nossa intenção é de beneficiar a sociedade e não prejudicá-la”, reiterou.

O líder da bancada governista, o vereador Vinicius Porto, também exaltou a sensibilidade do prefeito em abrir o diálogo com os empresários. “O prefeito enviará um novo projeto com alterações ouvindo novamente o empresariado e os vereadores. Chegaremos a uma nova solução. Infelizmente, tentaram passar a ideia de que o prefeito estava dificultando o debate, o que não é verdade. A reunião que faremos com todos para chegarmos a um consenso será a prova disso”, disse.

Compartilhe:

Leia Também

Danielle Garcia: “ninguém me dá uma missão para eu não querer fazer o melhor de mim”

“Ninguém me dá uma missão para eu não querer fazer o melhor de mim.” É …

WhatsApp chat