sábado, 24/08/2019
Início » Editorias » Cidades » DNIT inicia obras na BR-235
Rádio FecomercioPowered by Rock Convert
Máquinas e homens estão na BR-235 reconstruindo o trecho que desabou há mais de um ano Foto: Jorge Henrique

DNIT inicia obras na BR-235

Compartilhe:

Depois de 808 dias, finalmente o Departamento Nacional de Infraestrutura Terrestre (Dnit) iniciou, hoje pela manhã, 8, os reparos no quilômetro 94 da BR-235, que desabou no dia 22 de junho do ano passado. O superintendente do Dnit, Ismael Silva, foi até o local acompanhar o início das obras, lembrou que o prazo de conclusão é de 150 dias, “mas vamos trabalhar para entregar o mais rápido possível”. Representantes do Fórum Empresarial de Sergipe também estiveram na rodovia.

De acordo com o engenheiro do Dnit, Gustavo Defilippo, inicialmente está sendo feita  a limpeza da área, seguido do  alargamento do acostamento da pista contrária, sinalização e serviço de drenagem.     “Nós estamos começando tudo agora”, disse Defilippo. O quilômetro 94 fica em entre os municípios de Nossa Senhora do Socorro e São Cristóvão. A obra, que está sendo feita pela FM Terraplanagem, vai custar  R$ 4.768.3214,07.

Hoje cedo, uma equipe fazia o serviço de topografia, enquanto um operário quebrava, com uma máquina, os enormes blocos de concreto que ficaram com o desabamento. Os motoristas que passavam e viam máquinas e homens trabalhando na pista gritavam como se estivessem apoiando a iniciativa. Antes, os motoristas reclamavam e criticavam pelo descaso do Dnit com aquele trecho.

O secretário executivo do Fórum Empresarial, Márcio Monteiro,  foi até o local para verificar, realmente, se a obra estava começando como prometeu Ismael Silva. Já o presidente do Fórum, Alexandre Porto, disse que valeu  o esforço de ter feito a mobilização. “Espero, agora, que os prazos de entrega sejam cumpridos e que a sociedade acompanhe os custos envolvidos, pois é uma obra emergencial”, alertou.

Alexandre lamentou que o Dnit não teve a menor consideração com o Fórum Empresarial, em informar que a obra seria feita, pois tomou conhecimento pela imprensa. “O Dnit não deu a menor importância ao Fórum”, disse.  Segundo ele, “assim que houve a queda da rodovia, era para terem iniciado a obra, sem precisar a cobrança da sociedade, do Fórum e da imprensa. Nós continuaremos fiscalizando e exigindo que os problemas sejam resolvidos”, completou.

No dia 22 de junho passado, quando  o desabamento na pista completou um ano, o Fórum Empresarial de Sergipe fez  uma festa de aniversário, com direito a bolo fictício e tudo para marcar a data.  A ideia foi chamar a atenção da sociedade para o problema.

 

JOB Connect - Coworking e Escritório VirtualPowered by Rock Convert
Compartilhe:

Leia Também

Emsurb suspende as fiscalizações e notificações da taxa de fachada, após reunião com empresários

A Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb) suspendeu as fiscalizações e notificações para o cumprimento …

WhatsApp chat