domingo, 05/09/2021
Da esquerda para direita: Adhemar, Raimundo Júnior e João Alberto, no aeroporto de Aracaju

Depois da viagem de bike de Aracaju até São Paulo, os amigos planejam outro desafio: 1.533 km até o Maranhão

Colunista esportivo Charles Hardman

Depois de percorrerem 2.200 quilômetros, durante 13 dias, de bicicleta, indo de Aracaju até São Paulo, os amigos Adhemar Alves, João Alberto e Raimundo Júnior  chegaram em casa, ontem, 2, e com uma ideia: ir, em 2021, de Aracaju até o Maranhão, uma aventura de  aproximadamente 1.533 quilômetros até São Luís, a capital.  O novo projeto do trio de ciclistas foi anunciado com exclusividade ao Só Sergipe, assim que desembarcaram no Aeroporto Internacional Santa Maria. Para ler sobre a aventura dos ciclistas de Aracaju até São Paulo clique aqui.

Quando esse projeto for iniciado, será a terceira vez que Adhemar irá aventurar-se em pedalar grandes distâncias, desta vez com os amigos João Alberto e Raimundo Júnior. Na primeira viagem, Adhemar e o amigo Jorge Magazine saíram de Aracaju no dia 7 de março e levaram 23 dias para percorrer os 3.300 quilômetros até Caxias do Sul. Essa aventura também foi acompanhada pelo Só Sergipe. Clique aqui para saber mais.

Ciclistas recebendo o carinho dos familiares

Agora, com essas aventuras no currículo, os amigos têm o carinho da família. Os mimos começaram no aeroporto Santa Maria. Adriana Gonçalves, esposa de Adhemar comentou sobre o período da viagem que foi muito difícil para o pequeno Miguel Gonçalves, de quatro anos, filho do casal. “Tive que ter criatividade para entretê-lo durante os 15 dias, pois ele perguntava o tempo todo quando o pai voltaria”, completou Adriana ao lado de Miguel.

Já Raimundo de Jesus Lins, 75 anos, pai do ciclista Júnior, disse que a  maior alegria foi poder estar vendo o filho retornar. “Graças a Deus que ele chegou em paz, porque foi uma loucura sair daqui para São Paulo de bicicleta”, ressaltou.

A filha de João Alberto, Mislene Santos, relatou que a família ficou receosa e com medo da viagem do pai, por ser muito longa. “Graças a Deus foi tudo bem e meu pai pôde realizar o sonho dele”, frisou.

Leia Também

Jogadores de Ichu, na Bahia, reforçam o América de Pedrinhas para o Campeonato Sergipano Sub-20

Os ichuenses Emanuel Inácio e Yarli Ramos já estão à disposição do técnico Adriano Piu …