sexta-feira, 13/05/2022
Foi um processo longo até que eu encontrasse algo que eu poderia me encaixar Imagem: Uihere

Como trabalhar com marketing digital partindo do zero (parte #2)

Compartilhe:
Cleomir Santos (*)

No artigo anterior eu relatei como foi trágico, e até engraçado, meu início no marketing digital. Agora irei falar sobre algumas formas de como qualquer pessoa pode trabalhar nesse segmento.

 

Mas antes, quero alertar você leitor sobre uma estratégia que vem sendo muito usada para atrair pessoas leigas e que não entendem como esse universo digital funciona.

Confira a seguir.

Venda direta, um a um, o velho truque para começar a trabalhar com marketing digital do zero e ficar rico vendendo o que não é seu

É claro que muitas pessoas conseguiram e ainda conseguem ganhar dinheiro com marketing de afiliados. Mas o alerta que eu deixo aqui para você é de nunca querer fazer parte de cursos, grupos, clubes etc, que fazem a seguinte promessa:

“Cleo, aqui funciona desse jeito, quanto mais pessoas você colocar no nosso clube (ou outro nome), mais comissões você ganhará com o tempo. Sem contar que você pode vender qualquer produto digital sem precisar focar em um único produto, é só seguir nosso passo a passo para conseguir a primeira venda. “

👀🤔

Juro que digitando esse texto, e lendo alto, fico impressionado como ainda caí. Pois é, entrei nesse negócio, paguei em 12x de R$ 90,00 e mais alguma coisa, em uma época da minha vida em que não estava podendo ter dívidas.

Foram 6 meses angustiantes e sofridos. Eu procurava e procurava pessoas que eram afiliadas e que não faziam vendas (tipo eu, sabe?), e tentava empurrar a essas pessoas a mesma promessa que eu caí. E detalhe, lembro até de pessoas que reconheceram o clube que eu fazia parte, e disseram: “tô fora, perdi meu tempo nesse negócio” .

Dito isso, a estratégia tão eficaz desse grupo era o velho 1 a 1, venda direta ou outros nomes que você pode encontrar. Por favor, siga o conselho do amigo aqui, fuja disso, principalmente se você não tem nenhuma experiência em vendas.

 

Então qual a melhor forma de começar a trabalhar com marketing digital?

Para ser sincero, não existe uma verdade absoluta. Dessa forma, o que irei passar para vocês são algumas sugestões de como você pode trabalhar com marketing digital em diversas áreas, de acordo com o que você mais se identifica.

Por isso, não quero aqui parecer apenas mais um vendedor, ou guru que encontramos por aí. Sem contar que você pode ficar à vontade, e entendo que quanto mais pessoas com o perfil desses gurus e especialistas aparecem, mais difícil fica de acreditar em alguém que trabalha com marketing digital.

Bom, mas antes de se jogar no mercado para atuar como um profissional da área, ou até mesmo, entrar em uma plataforma de afiliados, será importante que você tenha uma compreensão do que realmente é marketing digital.

Inclusive, eu tenho um vídeo no YouTube, no qual detalho um pouco sobre esse assunto.

Confira abaixo 👇

A minha primeira sugestão é obter a “Certificação Fundamentos do Marketing Digital”, do Google. Clique aqui e saiba mais.

Com certeza esse curso abrirá seus olhos, assim como fez com os meus. Foi a partir dele, que comecei a entender como as coisas funcionavam, mas eu queria mais conhecimento. Comecei então a fazer alguns cursos gratuitos da Rock Content, todos incríveis, por sinal, e por fim, conheci o trabalho do André Damasceno, consultoria de marketing digital.

Viu que não é simples assim, como grande parte anda falando por aí?

Foi um processo longo até que eu encontrasse algo que eu poderia me encaixar, e dessa forma, hoje tenho autoridade para orientar quem precisa de uma informação verdadeira, um relato de alguém que realmente começou a trabalhar com marketing digital do zero.

Para não perder o foco, vamos lá!

Após fazer sua pesquisa e também estudar o que você mais achou interessante, pense em qual área você pode atuar, por exemplo:

  • Se você gosta de redação e de escrever textos, se especialize em Copywriting, pois muitas empresas e agências de marketing digital precisam dessa pessoa em sua equipe, ou quem sabe, você poderá trabalhar como freelancer e aumentar sua renda;
  • Para quem gosta de trabalhar com criação de peças gráficas, você pode adquirir uma qualificação em Adobe Photoshop na plataforma da Udemy, e assim atuar como freelancer também;
  • Caso seu perfil seja daquela pessoa que é popular, querida e que se relaciona muito bem com seus seguidores, recomendo que você seja um influenciador digital, mas não aquele que sai atirando para todos os lados. Escolha um nicho ou um produto digital, estude sobre ele, produza conteúdo em cima do que ele oferece como benefício e, de fato, a sua popularidade fará com que algumas pessoas comprem e até divulguem seu trabalho;
  • Aos mais adeptos à tecnologia, como eu, acredito que você pode se tornar um especialista em tráfego pago, desenvolvedor de sites, analista de marketing, social media, entre outras profissões disponíveis.

Lembrem-se, que essa é apenas a minha opinião, e o meu modo de ver as coisas. Outros podem pensar totalmente diferente e não há problema nisso.

Por hoje é só, continue a acompanhar essa série com relatos verdadeiros de quem começou a trabalhar com marketing digital do zero. No próximo artigo irei compartilhar com vocês mais um pouco sobre a realidade de quem começa a trabalhar nessa área.

Você pode opinar sobre esse tema, ou sugerir quais assuntos que deveríamos abordar aqui na coluna ‘Marketing Descomplicado’.

.

.

(*) Consultor de Marketing Digital e idealizador do Me Ajuda Cleo, natural da cidade de Aracaju – Sergipe, amante da música, de um bom café, daquela reunião com boas companhias e apaixonado por belezas naturais e pela vida.

Últimas do Marketing Descomplicado
Compartilhe:

Leia Também

Encontro fugaz

Eles não se conheciam, nunca tinham se visto, nem se esbarrado pelas esquinas da vida, …

Deixe um comentário