segunda-feira, 01/06/2020
Quais são seus desejos para 2020?

Você tem lista de desejos ou de metas para sua vida financeira em 2020?

Compartilhe:
David de Andrade Rocha (*)

O fim de ano de 2019 se aproxima a passos largos e é comum vermos as pessoas começando as suas listas de desejos para 2020. É muito provável que para a maioria das pessoas, um dos desejos seja de alguma forma relacionados às finanças.

Vivemos uma crise que deu seus primeiros indícios em 2012 e foi sentida com muita força em 2015, onde muitas pessoas perderam seus empregos e tiverem que contrair dívidas para se manterem ou adquirirem algo que desejavam.

Esperemos que 2020 seja um ano bem mais brando que o antecessor quando se trata de assuntos financeiros. Os maiores analistas econômicos preveem uma pequena melhora de nossos indicadores econômicos, mas ainda assim nada que coloque 2020 em um voo de cruzeiro rumo ao progresso.

Sabendo disso é importante pensar em como fazer 2020 ser o ano para as nossas finanças pessoais. O primeiro passo realmente pressupõe uma lista como sempre fazemos no fim do ano, mas que pode ser alterada. Logo, não mais seria uma lista de desejos, mas sim uma lista de metas e objetivos.

A diferença entre metas e desejos é que o segundo não te chama a ação, pois na verdade é bonito desejar e sonhar com o dia em que será livre financeiramente. Mas o porquê de muitos não conseguirem cumprir seus desejos é porque lhes falta ação única e exclusivamente para esse fim.

Já a meta e o objetivo nos fazem perseguir nosso sonho, muitas vezes nos importando pouco com nossa segurança (seja física ou financeira). É essa ação que deve ser buscada na virada do ano e com seu auxílio guiar todos os seus instintos a conseguir achar as oportunidades certas para conseguir se tornar livre financeiramente ou dar os primeiros passos nessa direção. A seguir listo três atitudes que poderíamos usar para conseguir dar passos mais acertados nessa direção:

1 – Crie uma lista

E suas metas?

Sim, o primeiro passo realmente é a famigerada lista de metas para o ano que entra. Mas essa deve ser diferente: que tal anotar nela tudo que deseja financeiramente, e tudo deve estar com seus valores atualizados, incluindo as dívidas a serem quitadas e o patrimônio líquido da pessoa.

A lista irá funcionar como  o mapa do tesouro para sua liberdade financeira, fazendo com que você saiba onde quer chegar, forçando sua mente a trabalhar, saindo assim de seu ponto de conforto e buscando uma zona de crescimento.

2 – Educação financeira

O início do ano é um bom momento para começar a aprender algo novo, e um desses novos conhecimentos, poderia ser Educação Financeira. Hoje, existem diversos conteúdos na internet, alguns muito bons outros nem tanto, mas a maioria gratuitos.

Então vale a pena dedicar um tempo para adquirir esse conhecimento e aplicá-lo, para conseguir realizar seus sonhos financeiros, também incentivar as crianças e os adolescentes a entenderem melhor sobre o dinheiro e, sendo assim, prevenir erros financeiros futuros.

3 – invista melhor.

Investir melhor, não tem como pressuposto apenas o fato de alocar o dinheiro poupado em bons produtos de investimento, mas também o de gastar melhor e dar valor ao dinheiro.

Pois assim tenderemos a ter mais dinheiro para investir e aliado à educação financeira e a um bom conhecimento dos produtos financeiros isso renderá frutos maravilhosos.

Em 2020 não bastará apenas deixar um dinheiro parado em um produto de renda fixa para que ele renda absurdos. Agora todos deverão dar o valor correto ao seu dinheiro, gastá-lo de maneira eficiente e investi-lo da melhor forma para seu perfil.

Que 2020 seja o ano em que uma simples lista de desejos se torne uma lista de sonhos realizados para todos nós.

Até a próxima.

(*) David Rocha escreve semanalmente, às terças-feiras. Ele é assessor de investimentos e educador financeiro, que vive o mercado diariamente, desde 2011, e autor do livro Tesouro Direto – Um Caminho para a liberdade financeira de 2016.

Majesty - Escola de FinançasPowered by Rock Convert
Compartilhe:

Leia Também

Em época de covid-19 o individual ajuda o coletivo

“ Se não fossem iguais, os homens seriam incapazes de compreender-se entre si e aos …