quarta-feira, 21/08/2019
Início » Editorias » Cidades » Sergipe tem 178 mil desempregados
Rádio FecomercioPowered by Rock Convert
Luís Moura, do Dieese: "não pode ter escravidão" Foto: Jadilson Simões/ Jornal da Cidade

Sergipe tem 178 mil desempregados

Compartilhe:

O Estado de Sergipe tem, atualmente, 178 mil pessoas sem trabalho. A informação é do economista do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Sócio Econômicos (Dieese), Luís Moura, ao analisar os dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), referentes ao trimestre de fevereiro a abril deste ano. A taxa de desocupação, em todo país, cresceu 0,7 ponto percentual e está em 12,9%, o que significa que o Brasil tem 13,4 milhões de desempregados.

A situação do desemprego fica cada vez pior, segundo os estudos do IBGE. A população desocupada cresceu 5,7% em relação ao trimestre anterior (12,7 milhões). No confronto com igual trimestre do ano anterior, quando havia 14,0 milhões de desocupados, houve queda de 4,5%.

A população ocupada (90,7 milhões) no trimestre de fevereiro a abril de 2018 caiu 1,1% em relação ao trimestre de novembro de 2017 a janeiro de 2018. Em relação ao mesmo trimestre do ano anterior (fevereiro a abril de 2017), quando havia 89,2 milhões de pessoas ocupadas, houve crescimento de 1,7%.

Assim, o nível da ocupação (53,6%) caiu 0,6 ponto percentual frente ao trimestre anterior (54,2%). Em relação a igual trimestre de 2017, quando o nível da ocupação foi de 53,2%, houve acréscimo de 0,4 p.p.

O número de empregados com carteira de trabalho assinada (32,7 milhões) caiu 1,7% frente ao trimestre anterior (novembro de 2017 a janeiro de 2018), uma redução de 567 mil pessoas. No confronto com o trimestre de fevereiro a abril de 2017, a queda foi de -1,7% (-557 mil pessoas).

O número de empregados sem carteira de trabalho assinada (10,9 milhões de pessoas) apresentou estabilidade em relação ao trimestre anterior. Em relação ao mesmo trimestre de 2017, cresceu 6,3% (mais 647 mil pessoas).

A categoria dos trabalhadores por conta própria (23,0 milhões de pessoas) ficou estável na comparação com o trimestre de novembro de 2017 a janeiro de 2018. Em relação ao mesmo período do ano anterior, houve alta de 3,4% (mais 747 mil pessoas).

O rendimento médio real habitual (R$ 2.182) no trimestre de fevereiro a abril de 2018 ficou estável tanto frente ao trimestre anterior (R$ 2.185), como em relação ao mesmo trimestre do ano anterior (R$ 2.165).

A massa de rendimento real habitual (R$ 193 bilhões) ficou estável tanto quando comparada ao trimestre móvel de novembro de 2017 a janeiro de 2018 como frente ao mesmo trimestre do ano anterior.

A taxa de desocupação foi estimada em 12,9% no trimestre móvel de fevereiro a abril de 2018, com aumento de 0,7 ponto percentual em relação ao trimestre móvel anterior (12,2%). Na comparação com o trimestre móvel de fevereiro a abril de 2017 (13,6%), o quadro foi de queda (-0,7 ponto percentual).

JOB Connect - Coworking e Escritório VirtualPowered by Rock Convert
Compartilhe:

Leia Também

BNB premia jornalistas vencedores de concurso em Sergipe

A superintendência do Banco do Nordeste entregou hoje, 21, o Prêmio BNB de Jornalismo aos …

WhatsApp chat