domingo, 13/10/2019
Início » Editorias » Esportes » Profissional do HU sugere atividade física para todos
Rádio FecomercioPowered by Rock Convert
Professor de Educação Física, Ayslan Jorge, destaca a importância da atividade física

Profissional do HU sugere atividade física para todos

Compartilhe:

Uma das metas de início de ano é, para muitas pessoas, a inserção da atividade física em suas vidas. No entanto, antes de começar essa alteração de rotina, é preciso tomar alguns cuidados. O alerta é do profissional de Educação Física do Hospital Universitário da Universidade Federal de Sergipe (HU-UFS), Ayslan Araújo. “A primeira coisa a se fazer é aproveitar o começo do novo ano para procurar uma avaliação médica. O resultado de exames de saúde vai ajudar a determinar, por exemplo, que tipo de atividade é recomendada para cada indivíduo”, destaca.

Ele explica que é diferente, por exemplo, trabalhar com um hipertenso ou com um diabético, ou mesmo com pessoas que apresentam essas duas doenças ao mesmo tempo. Porém, para aqueles que não têm nenhuma restrição de saúde apontada por exames clínicos, ele recomenda duas opções.

Dicas

“A pessoa pode iniciar com atividades como uma caminhada, ou corrida leve, pelo menos 30 minutos por dia, cinco vezes por semana, respeitando-se os limites individuais. Vestir roupas leves, preferencialmente de cores claras durante a atividade, e usar um tênis adequado também fazem a diferença”, sugere Ayslan.

Outra alternativa é procurar um profissional de Educação Física, que deverá acompanhar o iniciante, ou mesmo aquele que está retomando a rotina de atividade física, e fornecer as orientações técnicas necessárias. “Esse profissional deve estar registrado no Conselho Regional de Educação Física. Sua função principal, neste momento, deverá ser a de fazer o plano mais adequado de treinamento para aquela pessoa que procurou o seu serviço”, esclarece.

IMC – Uma das variáveis que podem ser observadas antes de iniciar essa nova rotina é o Índice de Massa Corpórea (IMC). “O IMC considera o peso e a altura, utilizando uma fórmula simples para identificar se a pessoa está abaixo do peso, dentro da faixa normal de peso, com sobrepeso ou obesa. Esse cálculo é importante, pois pode ajudar a verificar riscos de doenças cardiovasculares ou até mesmo de lesões”, observa o profissional.

“Nunca é tarde para começar, ou recomeçar. Buscar hábitos saudáveis, aderindo a uma alimentação equilibrada e a uma rotina de atividades físicas adequada a cada pessoa, são atitudes que fazem a diferença”, reforça.

Benefícios –  A prática regular de atividades físicas adequadas ajuda a controlar o peso corporal, contribui para a saúde dos ossos, articulações e músculos, ajuda a aliviar a dores causadas por artrite, artrose, diminui os sintomas de ansiedade e depressão e está associada ainda a um menor número de hospitalizações, visitas médicas e uso de medicação.

Além disso, reduz o risco de desenvolver doença cardíaca coronária. Para os idosos, os benefícios são ainda maiores, pois proporciona maior independência e autonomia, além de ajudar na socialização.

Compartilhe:

Leia Também

Atleta de jiu-jitsu participará de Campeonato Alagoano no sábado, 12

No próximo sábado (12), o atleta de jiu-jitsu, José Eduardo Santana Couto, 18 anos, vai …

WhatsApp chat