sábado, 31/10/2020
O Hospital de Cirurgia recebeu importante doação da Energisa

Presidente do Hospital de Cirurgia é libertado

Já está em liberdade provisória, o diretor-presidente do Hospital de Cirurgia, Milton Souza de Santana, preso hoje, 24, pela manhã, durante a Operação Metástase, da Polícia Civil e Ministério Público Estadual, para apurar irregularidades na gestão da unidade hospitalar. Milton, que pagou fiança de R$ 14.310, foi liberado na audiência de custódia pelo juiz do plantão judiciário,  Sérgio Fortuna Mendonça.

Mais cedo, o filho de Milton, André Ricardo Souza Santana,  que é  coordenador do setor de compra do hospital, tinha disso preso por porte ilegal de arma e munição. A autoridade policial arbitrou uma fiança de 20 salários mínimos.

A operação Metástase deveria ser, somente, de busca e apreensão, mas como as armas e munições foram encontradas com pai e filho, ambos foram presos. Ao liberar o diretor-presidente do Cirurgia, o juiz Sérgio Fortuna Mendonça, disse que “na situação em análise, verifico a desnecessidade de segregação processual do autuado, pois nada há nos autos que comprove, concretamente, que sua liberdade constitui ameaça à ordem pública, à instrução processual ou à aplicação da lei penal, em que pese satisfatoriamente demonstrada a materialidade delitiva e a existência de indícios suficientes de autoria”.

Leia Também

Sistema Fecomércio lança, hoje, quarta edição do Natal Iluminado

Logo mais às 18 horas, o presidente do Sistema Fecomércio\Sesc\Senac, Laércio Oliveira, e o prefeito …