sábado, 24/10/2020
Manchas de óleo chegam ao rio do Sal, em Nossa Senhora do Socorro Foto: Prefeitura de Socorro

Manchas de óleo chegam ao rio do Sal, em Socorro

As manchas de óleo continuam avançando em Sergipe. Nesta segunda-feira, elas foram encontradas, pela primeira vez, no Rio do Sal, em Nossa Senhora do Socorro, região metropolitana de Aracaju.  O secretário Municipal do Meio Ambiente, Halison de Sousa, disse que o material recolhido foi encaminhado para a Administração Estadual do Meio Ambiente (Adema).

“Vamos continuar o monitoramento dos rios de Nossa Senhora do Socorro para evitar o aumento maior dessa situação que está prejudicando todo o Nordeste”, afirmou.

Desde o dia 24 de setembro que as manchas de óleo apareceram no litoral sergipano e até hoje já foram recolhidas mais de 100 toneladas de óleo. O desastre atinge 161 localidades de todos os nove estados nordestinos.

Notificada

A Justiça Federal em Sergipe informou que a União foi notificada, nesta segunda-feira da decisão de iniciar, em 48 horas, medidas de proteção aos rios de Sergipe contra o avanço das manchas de óleo que atingiram o litoral do estado. O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) já havia sido notificado da decisão no último sábado (12) através do procurador federal que atua junto ao órgão.

Na sexta-feira, o Ministério Público Federal (MPF) entrou com uma ação para que a União se responsabilize pela instalação de barreiras nos rios São Francisco, Japaratuba, Sergipe, Vaza Barris e Real. Devido à emergência do caso, a Justiça dispensou o Governo Federal de fazer licitação para comprar os equipamentos. A multa, em caso de descumprimento, é de R$ 100 mil por dia.

 

Leia Também

Dia da Sergipanidade: data registra a oficialização da independência do estado e ressalta a importância em se celebrar os aspectos que marcam a sua identidade

Paulo César Santana (*) O 24 de outubro é muito mais do que uma simples …