quinta-feira, 10/06/2021
Juciélio Oliveira, mais uma vítima fatal da Covid-19 Foto: Divulgação

Diretor da TV Baiana morre aos 52 anos de Covid-19

Será sepultado  hoje à tarde, no Cemitério Colina da Saudade, em Aracaju, o corpo do diretor da TV Baiana, afiliada da TV Cultura na Bahia, e da Líder FM 96,5 de Camaçari, Juciélio Andrade de Oliveira, 52 anos. Ele, que era natural de Feira de Santana (BA),  foi mais uma vítima da Covid-19 e estava internado no Hospital Gabriel Soares. Quando iria ser intubado, no domingo à noite, Hélio, como era mais conhecido, não resistiu. Ele deixa viúva, a assistente social Karen Santana.

Hélio era genro do grão mestre estadual do Grande Oriente de Sergipe (GOB), Claírton de Santana, assim como os demais familiares, está inconsolável. O corpo de Hélio está no Velatório Osaf, mas não há velório.

Os amigos e familiares sairão em carreata, às 14 horas, e passarão em frente à Torre Empreendimentos, onde será feita uma homenagem a Hélio, seguindo depois para o cemitério. A cerimônia será restrita a poucos familiares.

Por conta do falecimento, a TV decidiu suspender a programação local no período de 12 a 14 de abril de 2021. “Nosso coração vestiu de luto eterno, porque você partiu deste mundo! Retornaremos às atividades na quinta-feira, dia 15 de abril de 2021”, explica o comunicado.

Leia Também

Senac Sergipe oferta mais de 500 vagas em diversos cursos

O Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) está com inscrições abertas para 590 vagas em …