terça-feira, 15/10/2019
Início » Editorias » Política » Deputado denuncia trotes no Ciosp
Rádio FecomercioPowered by Rock Convert
Luciano Pimentel: R$ 8 milhões destinados a obras primordiais

Deputado denuncia trotes no Ciosp

Compartilhe:

O deputado estadual Luciano Pimentel, PSB, denunciou na Alese a existência de uma indústria de trotes contra os serviços do Ciosp – Centro Integrado de Operações em Segurança Pública do Estado de Sergipe – e fez um pedido para que isso deixe acontecer, por gerar prejuízos para a cidadão e para o Estado. Segundo pesquisa
feita pelo parlamentar junto ao Ciosp, no ano passado a instituição recebeu 1.583.483 de chamadas de pessoas em situação em perigo. Mas desse total, 185.057 foram trotes.

“Isso corresponde a 11,6% de todas as ligações daquele ano”, advertiu o parlamentar. A Assessoria do deputado Luciano Pimentel esteve no Ciosp e conversou com o diretor e o vice-diretor, coronel José Pereira de Andrade e major Elias Linhares Lima, respectivamente.

“Eles nos informaram que os trotes apresentam uma tendência de queda. Isso é um fato, meus caros militares. Mas é pouco. É preciso acabar com isso. É preciso banir o trote. Eu chamo aqui à consciência cada cidadão que está por trás de um telefone e que liga para comunicar uma falsa ocorrência”, alertou Luciano.

Para Luciano, o Ciosp é uma espécie de “SUS da segurança pública”, que atende uma enorme demanda da Grande Aracaju. “Senhor presidente, precisamos registrar que, estatisticamente, as atividades do Ciosp cobrem 45,66% da sociedade sergipana. Os oito municípios de sua jurisdição reúnem 1,013 milhão de sergipanos num Estado composto por  2,219 milhões de pessoas”, disse ele.

“Não podemos permitir e nem conviver com o trote. Vejam senhores, que das 495.790 chamadas dos três meses de 2015, 41.382 já foram falsas. Foram trotes. Isso dá uma média 8% ao mês. Como se vê, a legião de troteiros atrapalha o Estado e atrapalha o cidadão. Qualquer ação de polícia, qualquer saída a campo, tem custo. E custo alto”, diz o parlamentar.

“Quando agentes da SSP vão atrás de uma ação falsa, perde-se tempo e dinheiro. Mais do que isso: uma outra saída que poderia estar atendendo a uma ocorrência real, pode ficar na pendência. Sem solução. E isso, fatalmente, pode suprimir vidas”,disse o parlamentar.

O deputado do PSB chamou a atenção, ainda, para a importância estratégica do Ciosp. “Pela ação do Ciosp, são supridos de informações instantâneas, ainda, os três Batalhões Militares da Grande Aracaju, o Batalhão de Choque, o COE e o Helicóptero da SSP, o Batalhão de Cavalaria e a Rádio Patrulha”, disse.

“O Ciosp abastece com dados estratégicos, ainda, profissionais de estatística, de geografia e de sociologia da SSP – que medem realidades da violência urbana e montam estratégias de enfrentamento”, completou.


Compartilhe:

Leia Também

Deputados querem explicações do Ibama, Petrobras e Adema sobre as manchas de óleo no litoral

Os dirigentes do Ibama e Petrobras em Sergipe, além da Adema, serão convocados pela Assembleia …

WhatsApp chat